Pages

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Ex-governador de SP, Cláudio Lembo diz que Lula salvou o Brasil e minoria branca inveja Lula



Em debate, ele também fez críticas ao Poder Judiciário e disse que momento atual é macabro


O ex-governador Cláudio Lembo (PSD), que foi vice do tucano Geraldo Alckmin, duvidou, nesta quinta-feira (28), da libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Ao participar de debate de juristas sobre a viabilidade de registro da candidatura de Lula, Lembo fez críticas ao Judiciário e disse que o ex-presidente é alvo de inveja de uma minoria branca.

“Lula salvou o Brasil em um determinado momento e a inveja da minoria branca é imensa. Ele vai ficar preso. Não há como tirá-lo de Curitiba”, afirmou, ao comparar Lula a um tropeiro que resgatou uma tropa brasileira perdida na mata a caminho do Paraguai.

Descrevendo o cenário como macabro, Lembo afirmou que o Poder Judiciário se transformou em um instrumento político. Segundo ele, o Judiciário desrespeita o princípio da presunção da inocência.

“É tão clara a Constituição e tão violento o que fez o Supremo Tribunal Federal que não temos palavras para reagir. Somos muito fracos perante um poder que encerrou em si mesmo os Três Poderes contra a sociedade”, afirmou.

Lembo se disse perplexo com o momento que, segundo ele, abaixo do nível de civilização.

“Já vivi momentos difíceis, como o regime militar, a ditadura. Mas nunca vi nada tão imoral", comparou.

0 Comentários:

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração