Pages

domingo, 14 de outubro de 2012

José Serra desdenha do ProUni: 'Cada bolsa é um gasto. Diminui receitas do governo.'

O candidato José Serra, teve uma recaída neoliberal ao dar entrevista ao jornal Folha de São Paulo.

Perguntado sobre o ProUni, criado por seu oponente Fernando Haddad, quando estava no Ministério da Educação, José Serra desdenhou, querendo reduzir a importância do programa. Disse: "É um programa de bolsas, nada mais. Não sou contra, mas está longe de ser uma inovação. Em São Paulo já tinha isso. Eles apenas fizeram algo mais massivo e com desconto de impostos. Cada bolsa é um gasto. Diminui receitas do governo".

O tucano está errado: cada bolsa é um INVESTIMENTO. Além do aspecto social, que já proporcionou curso superior a mais de 1 milhão de jovens brasileiros de renda mais baixa, há também o investimento no que os economistas chamam de capital humano, que toda nação que quer ser desenvolvida precisa formar.

E o programa não diminui receitas do governo. Ele converte a receita de impostos que as faculdades privadas tem que pagar em mais educação. Com isso, conseguiu aproveitar vagas ociosas que haviam disponíveis nas faculdades privadas, preenchendo-as com alunos bolsistas a um custo muito baixo para o governo. Em paralelo a isto, a rede de Universidades públicas federais foi ampliada.

José Serra aliou-se ao DEM nestas eleições. É o partido que, quando ainda se chamava PFL, entrou com uma ação na Justiça contra o ProUni. Para felicidade geral da nação, o DEM perdeu no STF e o ProUni continua colocando jovens brasileiros de baixa renda na Universidade.

3 Comentários:

Anônimo disse...

Mais uma palhaçada dos que trabalham para o Serra ou seria do próprio Serra. Diga a eles que o PROUNI já foi julgado no SUPREMO e aprovado por unanimidade.

BRASIL ESPÉRANÇA Tadeu disse...

ele o jose serrote é contra o minha casa minha vida é contra o PRO UNI, é contra voce contra mim, contra seu irmao sua familia, contra os desfavorecidos, os esquecidos, os que sao colocados a margem da burguesia que eles sempre defenderam, ele é a favor da corrupçao, desvios de 84 bilhoes do banestado, das fraudes na secretaria de educaçao com seu vice, dos 4 milhoes roubados do rodoanel, e se for enumerar tudo aqui é uma vergonha um verdadeiro assalto aos cofres publicos.

J. Carlos disse...

Pois é, esta criatura acha o ProUni gasto ao invés de investimento, porque investimento pra ele é comprar revista Veja. Espero que o povo de São Paulo fique atento ao que fala esta criatura.

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração