Pages

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Será que a TV Globo vai tentar manipular o debate no JN como em 1989? - #DiaD e #Dilma13 -



Na eleição de 1989, a TV Globo manipulou o debate entre Lula X Collor, para detonar Lula e favorecer Collor.

No telejornal da hora do almoço, haviam feito uma edição equilibrada. Para o Jornal Nacional, houve instruções para mudar tudo e detonaram Lula. Escolheram os piores momentos de Lula e os melhores de Collor. Ainda publicaram pesquisas por telefone dizendo que Collor havia vencido. Por fim colocaram Alexandre Garcia, com um cínico editorial. Foi campanha explícita para Collor.

Hoje, no telejornal do almoço, mostrou apenas cenas do debate de ontem sem exibir trechos de nenhum candidato. Mostraram apenas a entrevista de todos depois do debate.

Será que vão mudar tudo no Jornal Nacional, para detonar Dilma e valorizar Serra e Marina, como fizeram em 1989?

Em tempo: Hoje a lei é mais rígida, e as reportagens tem que dar o mesmo tempo para todos os candidatos. Pesquisas telefônicas como aquelas não pode. Só as pesquisas registradas no TSE.

E acho que as candidaturas exigem da TV Globo que assine compromisso de não veicular trechos dos debates nos telejornais. A conferir.

21 Comentários:

josé lopes disse...

Se isso acontecer outra vez a gente invade a TV. Globo e dá um pé no traseiro dos golpistas do JN.

Antonio Carlos Silva - RJ disse...

Que dá pra liquidar no 1º turno AINDA dá, mas….

É fundamental que os advogados da campanha de Dilma estejam atentos contra o jogo sujo da mídia .
Hoje por exemplo, a Rádio tucana CBN continua fazendo campanha contra a Dilma, e domingo farão plantão de 24h na CBN os “ispicialistas” Lúcia Hipólito, Adalberto Piotto, Sardemberg e o “socióologo” Marco Vila .
Então, vocês imaginam o que vai sair de politicagem através das ondas sonoras da rádio dos marinhos .

asparra disse...

Divulgação maciça do documentário feito pela BBC (Muito além do cidadão Kane) para que todo cidadão passa a saber quem é a GLOBO. Eles são sujos e merece isso.

NickSanto disse...

terminou o debate dos candidatos(as) a presidente realizado pela Rede Globo e na minha opinião não houve grandes destaques positivos ou negativos. Talvez o Plínio tenha sido um destaque negativo, não fez as melhores perguntas (aquela sobre os demais candidatos esconderem seus partidos foi mamão com açúcar pra Dilma), porem fez uma boa despedida.

Dilma foi segura, não escorregou em nenhum momento e se apresentou com pinta de nova presidente do Brasil. Parabéns Dilma, por ter superado as desconfianças quanto a sua capacidade de participar de forma competente da campanha para presidente, especialmente dos debates, sempre tão difíceis... Que o diga a candidata laranja ao governo do Distrito Federal Weslian Roriz!

José Serra buscou uma atitude mais agressiva, atacando e provocando a candidata Dilma quando dava respostas para outros candidatos, porem, se eximiu de enfrentar diretamente a candidata do PT. Demonstrou, dessa forma, fraqueza e praticamente assumiu que não tem condições de lutar pelo segundo turno. Bye bye Serra, já foi tarde.

Marina Silva se apresentou com mais vontade de ir ao segundo turno, suas considerações finais foram muito bem articuladas e no confronto com Serra se saiu melhor. Particularmente não acredito que ela consiga uma arrancada final que a garanta no segundo turno, mas não será surpresa ela alcançar de 15% a 17% dos votos válidos. Mas sobre sua candidatura pesam mais dúvidas que certezas. Leia "Os mistérios de Marina"verdadesdepandora.blogspot.com

Ary disse...

Bendita montagem! Não fosse aquele golpe (que foi uma bala de prata suicida)), Lula teria sido eleito, sofreria um impeachment (o PT tinha apenas 16 deputados federais e um senador, acho) e o PT levaria uns 40 anos para se reeguer. Obrigado, Globo! Graças àquele golpe, a possibilidade de ficarmos no governo por uns 16 anos mais é muito provável. Graças àquele golpe, ele não poderá ser reeditado. Só lamento o Brizola não estar vivo. Gracias!

ChicoHugo disse...

O comunicado da Justiça Eleitoral
que vem sendo repetido na televisão
"esclarece"
que, por decisão do STF ,
o eleitor não poderá ser impedido de votar caso leve apenas
"o" documento oficial com foto.
Que redação é essa???
Artigo definido???
O texto tem de ser
"caso leve documento oficial com foto" ou
"caso leve UM
(artigo indefinido, que passa a significar qualquer um) documento oficial com foto".
Desconhecimento da língua ou golpe?

Kleber Carvalho disse...

acabei de assistir oa famigerado JN e, para minha estupefação não vi nenhuma manipulação editorial ou algo semelhante, acho que a ficha da Rede bobo caiu, ou seja:
O povo não é BOBO, abaixo a rede Bobo, kkkkkk.

Carlos Ribeiro disse...

Eu acho até que a globo tentou. Mas o zé baixaria não teve melhores momentos e a Dilma não teve piores.

X-MAN disse...

Então é isso? Sem nenhuma novidade de ultima hora? Já podemos por a breja pra gelar? Ou o suspense continua? A contagem regressiva começou.
mas a inda continuo achando que falta um estrategista no PT, um que junte lê com crê.

Frank disse...

Fank Nunes-Se analizarmos a grande influência da mídia nos seus comentarios , editoriais e reportagens , veremos uma parcialidade notória em favor dos tucanos,que na minha opinião representa a direita. É notório também que tudo tem um custo.As assinaturas de publicações da ED.Abril , como ex.a ass. da Revista Veja entre outras;temos também a Fundação Roberto Marinho com os materiais produzidos para educação de jovens e adultos;assinaturas de outros veiculos de comunicação.Detalhes é só entrar no blog de NaMariaNews,blog do chicão.
Como entrar?digite no google:os donos da editora abril.Click na noticia:José Serra vai à casa do dono da editora Abril,guando abrir e consultar click no blog da NaMariaNews que esta em negrito.è um absurdo.

Reginaldo disse...

Infelizmente mais um vez tive que assistir o JN (geralmente para ver o que estao aprontando) e fiquei supreso os PIGs tao queitos.Porque sera ?

Anônimo disse...

Golpe,naturalmente. Mais um. Precisamos estar alertas. Nossos ministros do TSE naão dão mole, quem sabe deixaram rolar a apelação do PT para não criar polêmicas, já com essa bala na agulha?

josé lopes disse...

Manipulação a globo continua fazendo todos os dias no JN no dia a dia dos presidenciáveis. As melhores cenas e "falas" para Serra e Marina. Os piores momentos para Dilma. Eu acredito até que estão distorcendo através de efeitos especiais a imagem da Dilma. Isso é possível com a nova tecnologia. Segredo guardado a mil chaves pela Globo. Não substimem a Globo. A gente pode ver na cara do Bonner aquela nuvem carregada de mau humor.

Claudinete Sergipe disse...

Eles até podem editar, só que agora dois pontos cruciais deverão ser levados em conta, caso contrário a Globo tende a diminuir ainda mais seu crédito e audiência, quais são esses pontos. Primeiro, o debate foi assistido por milhões de telespectadores, cujos vídeos estão hoje espalhados na internet. Segundo quase todos brasileiro, hoje, conhece os antecedentes sujos da Globo, não só a edição do debate Collor X Lula, como o caso dos aloprados, entre outros. Portanto, se a Globo quiser afundar mais ainda ela que ouse manipular debate e notícias para prejudicar Dilma.

Nietzscha Neves disse...

Assistam ao documentário excelente: A Revolução não será televisionada. Sobre a tentativa de golpe que se desenrolou na venezuela contra Chavez e mostra o poder da mídia golpista.
Também disponível no youtube em 10 partes, segue a primeira:
http://www.youtube.com/watch?v=aQu8ic0WRXo

Marcos Sousa disse...

Gente, a campanha aqui na internet é válida, mas sinceramente digo que todos, mas todos nós, devemos estar nas ruas, e atuar na escola, na faculdade, na igreja, na família, em qualquer lugar, como fazíamos outrora. Agora, mais do que nunca, devemos eleger Dilma Rousseff no primeiro turno.
O segundo turno é mais uma chance e mais tempo para a direita, com seu poder invisível, agir usando dois trunfos tão abundantes a sua volta: o poder do dinheiro e a falta de ética. O que serve de estupim para factóides, farsas, chantagens e dossiês em épocas eleitorais, todos plantados para anular o adversário, sem tempo hábil para se defender. Foi assim com Lula em 1989, com a ajuda da mídia, nos episódios da montagem pós-debate da Globo; do pseudo sequestro do dono do Pão de Açúcar, Abílio Diniz, em que se dizia que havia participação de petistas; da não circulação, no dia da eleição, de parte da frota de ônibus nas grandes capitais, onde Lula tinha mais votos. Em 2002, no depoimento de Regina Duarte, espalhando medo à população. Em 2006, no chamado dossiê dos aloprados, plantado pelos próprios tucanos, com imagem de dinheiro, farsa nunca provada, lançada às vesperas da eleição. Agora em 2010, neste último mês, presenciamos bem de perto o repertório deste poder invisível, com as quebras de sigilo e acusações sem provas, sem nenhum interesse em que os envolvidos se defendam. Num eventual segundo turno, novo repertório de fatos sem nenhum escrúpulo surgirá, tudo articulado e acobertado por uma mídia muito dócil com este poder, porém bastante rude com quem defende as políticas sociais como guia para o desenvolvimento do País. O atual namoro com as candidaturas de Marina Silva e Plínio não é senão um uso para provocar um segundo turno. Se estivessem na liderança das pesquisas seriam bomdeados da mesma forma que a candidata Dilma e como sempre foi o Presidente Lula.

Marco disse...

Essa é sensacional!!! Tucanos superam até os chineses!!! Censuraram um posto no twitter!!! kkkkkkkk Essa é a democracia tucana!!!

http://colunas.epoca.globo.com/bocadeurna/

Germano Barros disse...

Eles não fizeram e não irã fazer nesse sabado, pois a bala de prata, não viria da TV, e sim da Internet, com a onda de calunias epalhadas contra a Dilma, dizendo que ela tinha falado que nem cristo tirava a sua vitória, parece que isso foi mais eficiente, que todas as balas de prata da mídia, e a reação veio tárdia, e muitos nem viram o deesmentido e a condenação da calunia, mas ainda estão passando adiante.

Conceição disse...

Dilma Rousseff vira motivo de orgulho na Bulgária
A pequena cidade de Gabrovo, perdida nas montanhas da Bulgária, vive momentos difíceis. O desemprego é alto, os jovens põem a mochila nas costas e vão para a Europa buscar algum futuro. Ainda assim, a prefeitura decidiu fazer uma gastança: contratar músicos e bailarinas de fora para a grande homenagem à sua filha mais ilustre, Dilma Vana Rousseff. 'Faremos uma grande festa quando o resultado da eleição for conhecido', avisa o prefeito Nikolai Sirakov.
Para a família Russév esse o sobrenome da família búlgara de Dilma as eleições do Brasil já serviram, ao menos, para restabelecer o contato com os parentes no Brasil. As lembranças enchem de lágrimas os olhos de Toshka Kovacheva, tia de Dilma, ao lembrar-se de Petar Russév, que no início do século passado deixou o país e se instalou no Brasil. 'Nunca soubemos por que ele fugiu. É o mistério da família', diz Vesela Koleva, prima de segundo grau da candidata.
Mas não é só Gabrovo que espera, ansiosa, o grande momento. De simples cidadãos à cúpula do governo, todos seguem a campanha eleitoral brasileira. Na quinta-feira, o jornal das 6 da tarde de uma emissora de rádio de Sofia, a capital, a primeira notícia não era a crise financeira nem a expulsão de ciganos da França. Era o fato de que Dilma tinha parado de cair nas pesquisas. Um dos jornais mais lidos do país o '24 Horas', publicou foto de Dilma sentada na cabine do Aerolula, como quem já comandasse os destinos do Brasil.
Árvores genealógicas, montadas com ajuda de seus parentes em Gabrovo, foram publicadas na imprensa. A própria prefeitura ordenou uma busca dos seus antepassados ao saber que alguns deles viviam nas montanhas da região central do país. Uma das primas de segunda geração de Dilma, Albena Miteva, admitiu ao Estado que pouco havia ouvido sobre ela, durante anos. 'Sabia que tínhamos familia no Brasil. Mas nada além disso'.
O governo búlgaro não hesitou em entrar na onda: Dilma tem sido mostrada como exemplo de uma búlgara que fez sucesso no exterior.
E o assunto tomou as ruas, as conversas de gente comum. taxistas, recepcionistas. 'O Brasil já é uma potência. Se tem uma futura presidente, ela será a mulher mais poderosa do mundo', diz Plamen Bonev, que cuida de uma agência de aluguel de carros em Sofia. No mesmo tom, a estudante Ivete Stoyanova, comenta: 'Será uma grande alegria ter uma búlgara presidente do Brasil. Estamos todos emocionados.'
http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias/artigo.aspx?cp-documentid=25797362

Chagas disse...

Tudo que pinta de bobo, pinta na tela da globo. Será que estão apostando naquela pesquisa de véspera(hoje)? Até à vitória.

MrR0X disse...

Olha gente, se vocês compararem a forma como a mesma notícia é tratada na internet e no jornal da tv é de cair o queixo. Até mesmo o esportivo, o da globo passa sempre a notícia pela metade. E fica mendigando que tem os canais pagos e o site. É por essas e por outras que o Edir Macedo será o novo Roberto Marinho, pois tudo da Record é de graça. Menos, "quase", o culto (com respeito aos evangélicos, mas é a pura verdade, posso falar porque já frequentei e tentei me inserir).

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração