Pages

sábado, 30 de agosto de 2014

Após receber ultimato do Malafaia, Marina trai a confiança dos gays e volta atrás


Malafaia, postou em sua conta do Twitter:


Em seguida, o jornal Folha de São Paulo publicou:
 Malafaia mandou, Marina  obedeceu.Marina retirou do programa de governo apoio a aprovação do projeto do casamento civil gay.
 Essa senhora pode ser presidente?. Só lembrando, ontem, Marina mudou também  seu programa de governo sobre energia nuclear. Hoje,  mudou tudo que ela dizia sobre políticas sociais para a comunidade  LGBT. Aqui, o Globo falava das propostas
 Imediatamente, Marina $ilva, obedeceu Malafaia

 Leia a matéria completa da Folha

Campanha de Marina elimina trechos de capítulo 'LGBT' do programa. Ou seja, Marina recua na defesa do PLC122 ,do casamento e adoção por gays,

A coordenação de campanha da candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, alterou neste sábado (30) a redação do programa de governo em capítulo com propostas para a comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transgêneros e transexuais).

Foram eliminados trechos em que a presidenciável se comprometia, se eleita, com a aprovação da lei de identidade de gênero –que permite alteração de nome e sexo na documentação– e em articular no Congresso a aprovação de lei que criminaliza a homofobia. Foi excluída parte que previa a distribuição de material didático "destinado a a conscientizar sobre a diversidade de orientação sexual e às novas formas de família".

A introdução do capítulo também foi modificada. Inicialmente, dizia que vivemos em "uma sociedade sexista, heteronormativa e excludente em relação às diferenças" e que "os direitos humanos e a dignidade das pessoas são constantemente violados e guiados, sobretudo, pela cultura hegemônica de grupos majoritários (brancos, homens etc)".

Também afirmava que "precisamos superar o fundamentalismo incrustado no Legislativo e nos diversos aparelhos estatais, que condenam o processo de reconhecimento dos direitos LGBT e interferem nele".

Agora diz que "vivemos em uma sociedade que tem muita dificuldade de lidar com as diferenças de visão de mundo, de forma de viver e de escolhas feitas em cada área da vida" e que "a democracia só avança se superar a forma tradicional de supremacia da maioria sobre a minoria e passar a buscar que todos tenham formas dignas de se expressar e ter atendidos seus interesses".

A coordenação ainda afirma que o programa anterior é um "contratempo indesejável" com "alguns equívocos" e que o novo é o "correto". "Permanece irretocável o compromisso irrestrito com a defesa dos direitos civis dos grupos LGBT e com a promoção de ações que eduquem a população para o convívio respeitoso com a diferença e a capacidade de reconhecer os direitos civis de todos", diz o comunicado. Segundo a coligação, "as verdadeiras ideias defendidas" pelos partidos serão impressos em novos exemplares do programa a partir deste sábado.

A primeira versão do programa chegou a surpreender setores ligados à militância LGBT. Marina é evangélica, devota da Assembleia de Deus e disse, em 2010, ser pessoalmente "não favorável" ao casamento gay, embora afirmasse que as pessoas "tinham o direito de defender essas bandeiras".

ALTERAÇÕES

O plano divulgado nesta sexta (29) afirmava que o governo pessebista apoiaria propostas em defesa do casamento civil igualitário, com o objetivo de "aprovar projetos de lei e da emenda constitucional em tramitação que garantem o direito ao casamento igualitário na Constituição e no Código Civil".

O trecho foi substituído por uma redação que diz que a presidenciável pretende "garantir os direitos oriundos da união civil entre pessoas do mesmo sexo".

No primeiro texto apresentado, a campanha também divulgou que pretendia "articular no Legislativo a votação da PLC 122/06, que equipara a discriminação baseada na orientação sexual" às leis existentes para quem discrimina "em razão da cor, etnia, nacionalidade e religião". O tópico foi excluído.

Antes, o programa dizia que um eventual governo daria "efetividade ao Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT". Agora afirma que irá "considerar as proposições" do plano para a "elaboração de políticas públicas específicas para populações LGBT".

Outra diferença está no item que propunha "eliminar obstáculos na adoção de criança por casais homoafetivos". No novo capítulo, foi retificado que "como nos processos de adoção interessa o bem-estar da criança que será adotada", o governo de Marina daria "tratamento igual aos casais adotantes, com todas as exigências e cuidados iguais para ambas as modalidades de união, homo ou heterossexual".

Foi eliminada parte que dizia que a candidata iria "manter e ampliar serviços existentes" em ofertas de tratamentos e serviços de saúde para demandas da população LGBT. A redação que diz que ela pretende "garantir e ampliar" essa oferta foi mantida.

Depois de ler.... Malafaia voltou:  Marina obedeceu, mas ele ainda achou pouco.
E o Malafaia, depois do ultimato, achou insuficientes as alterações da Marina, retirando os direitos LGBT do programa

6 Comentários:

Everalod disse...

Malafaia, critica a globo se tu és macho.

romeu disse...

As pesquisas pos morte do Eduardo Campos foram claramente dirigidas para atingir a presidenta Dilma, mas felizmente para a maioria dos brasileiros acertou em cheio no peito do Aecioporto, o PIG neste momento esta completamente atordoado, e so ver as ultimas noticias por eles publicadas. Temos q a partir de agora conversar com nossos pares e amigos, e evitar q tenhamos no Brasil um estado EBE,(estado banqueiro evangelico), pq se isso acontecer no futuro teremos burcas e turbantes en nossos guarda roupas, e a familia Setubal no exterior contando os bilhoes.

Gilberto Alves disse...

ESSA MULHER É UMA LOBA COM PELE DE CORDEIRO, VOLTA ATRÁS NO QUE FALA, ESCONDE SEU VERDADEIRO PENSAMENTO, SERÁ QUE SERÁ ASSIM NO SEU MANDATO, OU SERÁ QUE SERÁ MANIPULADA? ACHO QUE ELA NÃO TEM PULSO FIRME, NEM DIREÇÃO, SÓ ESTÁ ATRÁS DE FAMA E RIQUEZA, ALIMENTADA POR CERTOS POLÍTICOS E MÍDIAS SUJAS. NÃO DEVEMOS NOS ESQUECER DE QUE O BRASIL ESTAVA NUMA MISÉRIA, NINGUÉM PODIA COMPRAR NADA, E ATOLADO NUMA DÍVIDA DO TAMANHO DA LUA, NÃO DEVEMOS VOLTAR PARA ONDE ESTÁVAMOS... PENSE BEM.

Gabriel Santiago disse...

é muito feia e ridícula...

Bel disse...

E ela não recua e não atende seu superior para ver o que acontece. Ela e o PSB vão arder na ¨chapa¨.

ANTONIO LUIZ disse...

Ninguem é santo, não tem santo na politica mas tambem não tem em igrejas, tem sim um bando de aproveitadores da misária dos outros, e quando não tem miseria ai fica muito mais comodo, pois ja vão direto ao celeiro(cofre) e ai salve se quem for mais esperto, um bando de ladõres e salteadores, frase dita a 2014 anos, por aquele que e usado como patente roubada no meio politicamente corrupto, pois O Cristo nunca autorizou estes aloprados a falarem no seu nome.
Agora que ta todos perdidos no tiroteio da recem-politica, o piG esta sem norte, pois seu Sul esta estorricando, literalmente, na politica e por rebeldia ate a natureza esta lhes punindo,agora estão ate resuscitando videos da eleição passada, com a palavra do Malafaia, pois o que importa no momento e combater a Marina, um vale tudo, um desespero desacerbado, enquanto poderiam se contentar em apenas defenderem seus feitos sem enganação, no caso do PT, o projeto da Dilma apoia o que o Malafaia critica na marina? a PL122 por ex. que tomou grande espaço no congresso nacional para discutirem assuntos que e do dever de cada um como cidadão defender sua moral, enquanto que os de extrema importancia, a saúde por ex. ficou relegado, agora vem sesuscitar defuntos em pulpito de sinagogas? hora!Pilatos fez a mesma coisa, mas não foi capaz de poupar a Cristo da morte, mas neste caso fomos os maiores agraciados, pois sua morte resultou na salvação da humanidade, (para quem crê. seria melhor a politca seguir seu rumo sem se misturarem com religião, não digo a Fé, pois se assim fossem o sacrificio de Cristo seria em vão/, portanto de a Cesar o que e de fato, dele, e a conciencia de cada um que os encarregue a qual caminho querem seguir, afinal Deus deu a cada humano o livre arbítrio, esta escrito na lei de Deus, e tambem na constituição de César, (a tão falada DEMOCRACIA)

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração