Pages

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Revista mostra empresa da filha de Serra e da irmã de Daniel Dantas promovendo intensa quebra de sigilo bancário

A revista Carta Capital desta semana traz reportagem de Leandro Fortes que deixa o Zé Baixaria e seus papagaios na imprensa em uma sinuca de bico:

Por 15 dias no ano de 2001, no governo FHC e José Serra (PSDB), a empresa Decidir.com abriu o sigilo bancário de 60 milhões de brasileiros.

A Decidir.com foi resultado da sociedade, em Miami, da filha de Serra com a irmã de Daniel Dantas.

O primeiro ramo de atividade da empresa era "assessorar licitações públicas".

Depois, a empresa resolveu ser uma concorrente da Serasa.

Fez um acordo com o Banco do Brasil e através disso conseguiu abrir sigilos bancários.

O notável empreendimento de Miami conseguiu também a proeza de abrir e divulgar a lista negra do Banco Central.

O jornal Folha de São Paulo, na época, abriu o sigilo de 700 autoridades que passaram cheques sem fundo.

O então presidente da Câmara, Michel Temer, oficiou o Banco Central.

E, a partir daí, houve uma operação abafa demo-tucana.

O Banco Central, a Polícia Federal, o Ministério da Fazenda, Procurador Geral da República não fizeram nada.

Faltava pouco para a eleição presidencial de 2002, quando José Serra tomou a surra de 61% a 39%.

Esta edição da Carta Capital é mais um marco desnudando a hipocrisia e rede de mentiras demo-tucana. (Do Conversa Afiada)

7 Comentários:

layla lauar disse...

então...se apresentarem no horário de propaganda gratuita o depoimento da chilena mulher do "coiso", o PT pode responder com a matéria da carta capital.. .onde pais, sogros, irmãs, filhos, filhas, genros e noras, sobrinhos, de milhões de outras mães foram atingidos pela inocente filhinha do "coiso-pai".

polaco disse...

Caro Zé, tem uma matéria ótima no blog RSURGENTE dando conta de que a espionagem feita pelos arapongas do governo tucano de Yeda Crusius no RS abasteciam o "jornalismo" da RBS com informações sigilosas de petistas e outras autoridades.

lukas disse...

Ando meio quebrado- típico de blogueiro, cartunista, e ainda por cima doente. Mas vou juntar uns trocos e comprar a Carta desta semana. Vai fazer bem pra alma.

Edmar C. LimA disse...

Vamo assinar a CARTA e "engolir" a veja, a época e a isto é? Se dobrarmos a circulação da CARTA, levaremos imformação decente e fidedígna pra casa e poderemos tirar anuncinates daquelas drogas que o Mino ajudou a criar e virou m.... Apesar da implcância do Mino por causa do abrigo ao Cézare Batiste, é o que melhor que temos na imprensa escrita. Juntemos a CARTA aos BLOGS progressistas e não vamos precisar orientar nossos filhos e netos contra os demos e tucanos. A gurizada mesma se instruirá.

Joao Batista Barbosa disse...

Gente, a verdade é o seguinte: "Quando os mentores da tucanalha tiveram a "brilhante" idéia de usar o assunto da quebra de sigilo fiscal como bala de prata, eles acreditavam que o assunto seria tão propagado pela midia golpista que não daria tempo para se descobrir que os verdadeiros autores, meliantes e inescrupulosos, eram do próprio partido. Ocorre que, com a ajuda fantástica de blogueiros e jornalistas decentes desse pais, a reação de nosso povo foi imediata e o feitiço está pegando no próprio feiticeiro. Toda essa trama sórdida já está sendo desmascarada e vai respingar feio nos cardeais tucanos e aliados. Portanto, devemos continuar atentos e vigilantes, pois no desespero esses crápulas e renegados são capazes de tudo". Nessa nova legislatura, eu acho extremamente necessário que se criem mecanismos que possibilitem responsabilizar civil e criminalmente os barões dessa midia golpista, que se acham acima do bem e do mal nesse pais. Basta imputar-lhes vultuosas penas pecuniárias a titulo de reparação moral para que sejam mais responsaveis dai pra frente..

Weiland disse...

essa revista tem que ser divulgada... :)

Milton disse...

O tiro saiu pela culatra, kkkkkkkkk, a demo-tucanalha ainda acha que está no brazil kkkkkkkk. Se liga gentalha, vocês estão no Brasil. Brasil de homens e mulheres cada dia mais livres e "Sem terem vergonha de serem felizes".

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração