Pages

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Porque Dilma venceu o debate na Record



O compacto acima mostra como foi a participação de Dilma no Debate. Reparem no quanto tem de conteúdo. Nenhum outro candidato chegou perto dela neste quesito.

Tente fazer um compacto com os "melhores momentos" do Serra. Dali não sai nada, ou é ele atacando os adversários ou contrariado com perguntas sobre FHC e sobre apagões na educação e outras áreas de seu governo em São Paulo.

De Marina também não se consegue extrair um compacto com conteúdo. Se espremer fica só a pregação genérica do desenvolvimento sustentável, permeada com críticas udenistas que não correspondem aos fatos, sem conseguir dizer a que veio.

A verdade é que o discurso de Marina desperta desconfiança em todos que votam consciente, porque ela fica em cima do muro, como quando foi perguntada sobre Belo Monte.

Desperta desconfiança quando ela "importa" para o pré-sal os problemas ambientais do golfo do México, causado lá por políticas neoliberais de deixar empresas privadas fazerem tudo por dinheiro. Lá nem foi vazamento em profundidades do pré-sal, e sim em profundidade que a Petrobras já explora há anos, sem qualquer problema.

Desperta desconfiança também quando age de forma oportunista, com o discurso udenista, quando todos sabem que o PV é uma frente partidária com muitos candidatos fisiológicos, aparelhados em prefeituras do DEMos, com Kassab (e já foram aliados de Cesar Maia no Rio quando o DEMo estava no poder), em governos tucanos de São Paulo. Que moral ela tem para criticar o PT, sendo filiada ao PV? E ela sabe como ex-ministra do meio-ambiente que qualquer órgão público ou privado está sujeito a um ou outro mau funcionário desviar sua conduta, e só será descoberto, ou quando uma fraude aparece, ou quando é denunciado antes da fraude aparecer.

Quanto a Marina, fica sempre aquela pergunta: qual é exatamente a posição dela? A gente vai conviver com apagões energéticos por ficar discutindo por décadas um projeto de hidrelétrica? O respeito ao meio-ambiente é fundamental. Ninguém abre mão da boa engenharia que respeita o meio-ambiente neste século XXI, mas quem é responsável por licenças ambientais precisa também aprender a respeitar a ecologia humana, e se empenhar para trabalhar na velocidade que a população pobre do Brasil precisa para sair da pobreza. Que exija as adequações necessárias, mas que não obstrua eternamente.

O discurso da Marina passa a impressão de que a senzala tem que esperar na fila para entrar na classe média, enquanto não se resolve o problema do lixo e da poluição produzidos na casa grande (sobretudo dos países ricos).

Plínio também não rende um bom compacto do debate. Independente de concordar ou não com as idéias dele, não foram passadas com a clareza com que usou no primeiro debate. Plínio conseguiu atacar as políticas dos outros 3 candidatos (e é papel de quem é oposição), mas saiu com a imagem de quem irá desmontar um monte de coisas boas que estão dando certo, como o ProUni, o Reuni, a política de aumento real garantido do salário mínimo; para colocar no lugar algo inatingível a curto prazo: uma suposta política perfeita para um futuro que sabe-se lá quando iria chegar. Por fim, foi desonesto ao sucumbir ao discurso udenista e falso, para exploração eleitoral.

Quando não há um "nocaute" durante o debate, vence quem consegue encaixar mensagens com melhor repercussão nos dias seguintes, e que fixam na cabeça do eleitor.

Ninguém venceu por nocaute (e seria difícil com as regras rígidas, a menos que alguém cometesse algum grande deslize). Mas para o cidadão que se preocupa com emprego, o mais importante foi ouvir Dilma falar dos 14,5 milhões de empregos. Para o estudante que está no ProUni ou quer entrar na universidade, o importante foi ouvir Dilma defendendo o programa. Para quem tem más lembranças do governo FHC, importante foi ver Serra se atrapalhar para defendê-lo. Para quem tem boas lembranças do governo Lula, importante foi ver Dilma defendendo este governo do ataque dos outros.

Por isso que reitero: Dilma conquistou mais votos do eleitor ainda indeciso que viu o debate, porque conversou com o eleitor sobre os problemas dele. Dilma fez um discurso politizado para a nova classe média que emergiu no governo Lula.

10 Comentários:

Reginaldo disse...

A Dilma foi bem mesmo teve muito mais conteudo , mas acho que aliviou a barra dos PIGs tinha que ter falado da omissao deles que é inclusive crime ....

Roberto disse...

Não gostei da Dilma ontem. Ela perdeu várias chances de boas respostas tanto à jornalista da Recod como ao proprio Serra. À jornalista que perguntou sobre mensalão do PT e mensalão do DEM ela poderia começar sua resposta dizendo que ela se esqueceu de mencionar o pai do mensalão, o senador Eduardo Azeredo. E quando Serra falou de cabide de emprego ela poderia mencionar o Roberto Freire na Sabesp e o Senador Antero Paes de Barros. Calaria a boca de todos.

Malú disse...

Alguém percebeu a cara da Marina depois que ela achou que iria levar a Dilma para as cordas com sua pergunta sobre a corrupção na Casa Civil? Impagável! Quando a Dilma brilhantemente respondeu que fez a mesma coisa que ela quando aconteceu corrupção na pasta do meio ambiente, as câmeras registraram uma Marina que perdeu aquele ridículo sorrizinho politicamente correto que ela exibe a toda hora. A Marina poderia, se quisesse conquistar mais uns pontos, ser mais inteligente esquecendo a Dilma e indo para cima do Serra com mais afinco, pois é dele que vem os pontos dela. Mas exigir mais esperteza política por parte da Marina é como titar leite de pedra.

Maria Amélia Martins Branco disse...

A Dilma está robotizada, o melhor momento o foi quando ela contestou a Marina sobre escândalo no ministério do Meio-Ambiente, por favor, deixem a DILMA ser ela mesma, o mesmo discurso, ela tem que desconstruir os candidatos Serra e Marina, o Plínio tem que ter respeito pela idade, pra isso o Planalto tem argumento é só usar, enquanto isso a Marina tira pontos da Dilma.
Acordem, vem aí o debate da Rede Bobo e vai pra cima da Dilma com tudo, pensem nisso o quanto antes.

Reg disse...

E neste debate Marina querendo criar uma saia justa para Dilma acabou se revelando.
Quer dizer que o maridinho dela tem um "pobrema" com o MPF?
Ô! coitada!
Caiu a máscara da pudica.

cleide disse...

Daqui de casa pedia ao Senhor Por ela Minha Dilma! Sei da sua capacidade! Eu Disse hj as minha colegas Dilma estava afiada, mostrou proposta, respondeu com firmazae confiança como sempre e mas amei quando ela desbancou o Careca que a proposito fugiu dela o tempo todo, rsrsrrsr e quando desbancou a Marina! Dizendo Fiz o mesmo que vc fez quando Ministra, que o Ministerio recebeu denuncia de trafico de madeiras e na naquela epoca vc tbm não sabia não tem como saber de tudo !Vou apurar e responsabilizar os culpados!!! Nossa foi demais a Marina não sabia onde por a cara vi naquele momento ela quase grudar no pescoço de Dilminha rsrsrrssrr Amei a respota de Dilma ela é a melhor!! Sei que o povo percebeu a diferença.

mariazinha disse...

D. DILMA foi excelente, na medida certa. Uma dama, inteligente e educada com voz modulada e que não agride os ouvidos; UMA ESTADISTA!
Impossível imaginar um serra, tão incompetente, mentiroso, ou uma marina, esganiçada, prepotente e completamente sem preparo sendo presidente do Brasil. Não dá, gente; é impossível viver num país, comandado por serra ou marina.
Abraços.

Valdetário (Crato CE) disse...

A maior mentira do Serra no debate da Record foi dizer que nos 3 anos do seu governo no Estado de São Paulo ele realizou 1.100.000 CONCURSOS PÚBLICOS. Disse e ainda repetiu num momento seguinte. Se isso fosse verdade ele teria realizado mais de 1.000 concursos por cada dia, inclusive domingos e feriados, algo impossível para qualquer governo, ainda mais sendo um governo tucano. Sei não, acho que perdeu algo mais além da eleição: O JUIZO.

Claudinete Sergipe disse...

Vamos às ruas, militância do PT e partidos aliados e, sobretudo, os movimentos sociais. "A gente não pode perder o que já conquistou". Não podemos deixar para amanhã o que podemos conquistar hoje. A mídia e o próprio Serra (demonstrou isso no debate da Record) vem buscando enaltecer a candidatura de Marina e os 'Nanicos' para forçar um segundo turno. A gente já viu este filme, esta semana final a "grande mídia" vai jogar tudo, principalmente na Sexta-feira e no Sábado. Fiquem atentos e não desviem seu voto da candidata que vai dar continuidade às obras em andamento e aos projetos do LULA.

Joaquim Pereira Gomes disse...

A Dilma se saiu muito bem, tenho certeza que o que a prejudicou foi a torção no pé. Eu via no seu rosto o esforço que ela estava fazendo para resistir a dor. Mas ela se saiu muito bem, foi forte, suportou a dor física e os insultos que vieram do Plínico, um babaca despeitado, apesar de suas idéias serem autênticas, a Marina uma tola atacando a pessoa errada o tempo todo e o Serro com sua cara cínica, sua arrogância, sua falta de respeito com o cidadão e cidadã brasileiros, achando que todos nós somos um bando de idiotas. Vocês perceberam que a Dilma hoje, além da bota protetora ela estava usando uma bengala? Quem é guerreiro não foje à luta.

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração