Pages

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Derrota no TSE retira último argumento tucano

A decisão do ministro Aldir Passarinho Júnior nesta quinta representou uma derrota importante para o PSDB e retira da campanha de Serra os principais argumentos contra os adversários petistas. Para o ministro Passarinho, corregedor geral de justiça eleitoral, não há provas ou vinculação direta entre as quebras de sigilos fiscais de tucanos e o comitê de campanha de Dilma Rousseff.

Segundo o ministro, a acusação “carece de substrato fático-probatório suficiente” e não há “concreta demonstração de efetivo benefício à candidatura” de Dilma Rousseff. Passarinho demonstra estar convencido de que se trata de “falta disciplinar, infração penal comum”, que , segundo ele exigem “apuração em sede própria, estranha à seara eleitoral”.

As conclusões do ministro, mesmo que sujeitas a recurso, soaram como música para o PT, já que coincidem com as alegações da campanha de Dilma Rousseff e do próprio governo. A candidata agora poderá afirmar que um representante de um tribunal superior, assim como ela, também considera que não há provas de crime eleitoral, muito menos de que ele tenha sido praticado por seu comitê. E seguir reclamando de calúnia, injúria e difamação, inclusive na justiça.

Para capitalizar politicamente com a decisão do TSE, o governo ainda fez questão de reforçar o caráter de “caso de polícia” que vem atribuindo ao episódio, aspecto agora confirmado por Passarinho. Logo após o anúncio da decisão, o ministro da Justiça convocou às pressas a imprensa – a tempo de alcançar o noticiário noturno das televisões – para dizer que, por determinação de Lula, a Polícia Federal concentrará as investigações, com ordem para acelerar a apuração, fazer relatórios diários das providências e providenciar que sejam punidos os culpados, “quem quer que sejam” – reforçou Luís Paulo Barreto.

A esta altura, o comitê de Serra discute se é conveniente, do ponto de vista político, insistir com um recurso no TSE, ou simplesmente manter o assunto no noticiário e no programa eleitoral. Mas, sem fato novo, dificilmente o episódio terá impacto relevante na campanha de Dilma. Mas mantém a temperatura alta e o adversário na defensiva - o que já não é pouco a esta altura da campanha.Christina Lemos

11 Comentários:

Salomão disse...

África do Sul é igual ao Brasil do ponto de vista político, econômico e social.
22/04/2009 – 00h24
Fonte: G1
Herói e alvo de denúncias, Jacob Zuma é favorito nas eleições na África do Sul
http://www.votebrasil.com/noticia/brasil-mundo/heroi-e-alvo-de-denuncias-jacob-zuma-e-favorito-nas-eleicoes-na-africa-do-sul

Salomão disse...

África do Sul é igual ao Brasil do ponto de vista político, econômico e social.
22/04/2009 – 00h24
Fonte: G1
Herói e alvo de denúncias, Jacob Zuma é favorito nas eleições na África do Sul
http://www.votebrasil.com/noticia/brasil-mundo/heroi-e-alvo-de-denuncias-jacob-zuma-e-favorito-nas-eleicoes-na-africa-do-sul

Fábio Vieira da Rosa disse...

O enforcado tem direito de espernear. Por que o PIG não perguntou ao zé ladeira o porque de não ter feito essas denúncias no começo do ano, quando ele diz que avisou ao Presidente Lula? A filhinha dele é alguma incapaz, que não poderia ter reclamado também pelos supostos vazamentos? E quando o PT vai pedir direito de resposta aos ataques do zé pedágio? O programa eleitoral da Dilma tem que ser propositivo, mas as respostas tem que ser dadas no programa dos demotucanos.

LEN disse...

Helena,Zé Augusto tens a solidariedade dos seus leitores e da blogosfera. Da nossa parte, o Blog do LEN se posiciona em total solidariedade aos Amigos do Presidente Lula. Grande abraço.

Dom Orvandil disse...

Companheira Helena, parabéns pelo blog e pela luta que faz em favor da democracia e do desenvolvimento. Parabéns pela competência e pela justeza de sua luta pelo blog e na vida. Permiti-me redirecionar em me blog sua última matéria referente as acusações infudadas, desesperadas, mentirosas e safadas de José Serra. Convido-a a acessar meu blog modesto que tenta particpara desse debate nacional impressionante. www.padreorvandil.blogspot.com Abraços fraternos, Dom Orvandil

Victor disse...

Nesse caso, é preciso examinar cada detalhe dos últimos horários eleitorais do Serra. Pois em determinados casos, se poderia sim exigir direito de resposta no horário dele.

Noé disse...

Ele tem que dizer onde foi usado e qual utilidade tem.Quem leu a coluna de Cláudio Humberto? ele explica sobre o vazamento

alberto f. barbosa disse...

Diante da manchete do Globo:
Sobre informações divulgadas hoje (03.09) no jornal "O Globo", o Banco do Brasil reitera o zelo pela integridade e segurança dos dados de quem mantém relacionamento com o Banco. Até o momento, não foi identificado qualquer fato que indique violação de sigilo, nem que aponte nessa direção.

O Banco do Brasil lamenta ainda que a Instituição, que tem ações negociadas em Bolsa, seja exposta na cobertura jornalística, sem a apresentação de dados concretos.

O Banco recebeu Ofício da Justiça e vai se manifestar, adequadamente, na forma processual.

Brasília, 03 de setembro de 2010

Assessoria de Imprensa do Banco do Brasil

Morais disse...

Mais uma porrada no Zé pinóquio e olha que não está aguentando mais, ele já caiu e só falta a sua equipe de campanha jogar a toalha.
A Dilma com certeza vai ganhar mais uns votos mostrando para o povo mais esta mentira do Serra sem fundamento, sem provas, apenas calúnias contra ela.

Claudinete Sergipe disse...

Ministro, se alguém teve benefício com essa desastrosa invençao do Serra foi o próprio Serra. Só que ele deu um tiro no pé e acabou acertando a cabeça. Viva Dilma e Lula, o Brasil somos nós brasileiros!

Andre disse...

ESPERTINHO ESSE SERRA, QUER GANHAR ELEIÇÃO SEM SUAR A CAMISA!!!!

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração