Pages

domingo, 23 de junho de 2013

Por que médicos estrangeiros? Brasileiros só preencheram 3.800 vagas de 13 mil abertas.

Dos 13 mil médicos solicitados por prefeituras para atuar em áreas carentes, pelo Programa de Valorização da Atenção Básica (Provab), 4.392 se inscreveram, e 3.800 assinaram contrato.

O número equivale a 29% das vagas abertas. Dos 2.856 municípios inscritos no programa, 1.291 receberam médicos do programa e para outros 1.581 municípios nenhum médico quis ir.

O Provab é uma tentativa de levar médicos para as áreas carentes do país.

Para não deixar a população destas áreas sem médicos, é que o Brasil precisa contratar médicos estrangeiros temporários, já que as vagas oferecidas para os brasileiros não foram preenchidas.

Equipamentos

Paralelamente à atração de médicos,há o investimento na infraestrutura. R$ 1,6 bilhão de créditos estão disponibilizados às prefeituras para reforma, ampliação e construção de UBS (Unidades Básicas de Saúde).

O déficit por região

Na Região Norte, 66% dos municípios que pediram médicos pelo Provab não atraíram sequer um.

No Centro-Oeste, 64% dos municípios não atraíram sequer um médico pelo Provab.

No Sul, 74% dos municípios não conseguiram atrair sequer um médico.

No Nordeste, 41% dos municípios não atraíram nenhum médico.

No Sudeste, 54% dos municípios não conseguiram atrair sequer um médico.

Em todo o Brasil, 55%dos municípios que solicitaram médicos não conseguiram sequer um. Dos 2.867 municípios que pediram profissionais pelo Provab, 1.581 municípios não atraíram nenhum.

(Informações do Ministério da Saúde)

9 Comentários:

Alexandre Da Silva Arruda disse...

Talvez a falta de procura aos cargos seja porque o país não oferece estudo de qualidade aos brasileiros, ou mesmo o baixo salário oferecido para o cargo.......concorda?

Zé Augusto disse...

Alexandre Da Silva Arruda
As faculdades públicas e muitas particulares são boas, mas acredito que quem se forma em capitais não quer ir para áreas remotas. O salário parece que é R$ 8 mil por mes por 32 horas semanais (acho que é aproximadamente o de um médico perito do INSS iniciante pela mesma jornada). Creio que não seja desprezível para médicos iniciantes, afinal 3.800 aceitaram. Mas tem médicos que preferem começar ganhando até menos ficando na cidade em que é radicado.

Zilda disse...

Não estou incluída entre os mal-educados. Mas solicitei que fosse aberta a possibilidade de usar meu nome para fazer comentários. Sempre achei desconfortável usar o "anônimo".Só não sabia como.Valeu!.....

Tania Pasqualini disse...

O GDF abriu em 2011 pouco mais de 100 vagas, por processo seletivo, para ingresso imediato. Salário R$ 14.000,00. As inscrições, no primeiro prazo sequer cobriram o número de vagas. Em entrevista, o presidente da Associação representante dos médicos, disse ao Jornal da Globo/DF, que o salário não era atrativo para uma jornada de 40 h. R$14 mil, no DF? Quanto ganham as pessoas que seriam tratadas por esses médicos? Quanto ganha o professor que ajudou esse "doutor" a chegar até a faculdade? A mim parece que se julgam bons demais para se deslocarem para os rincões remotos e de poucos recursos. Que sejam bem vindos os cubanos!

Samara disse...

Falar que médico ganha mal ? Me poupe , tem prefeituras no interior do Ceará que oferecem 12.000 para um médico numa equipe de PSF e ainda não há quem queira. Existe um monopólio muito grande na medicina brasileira e a maioria não quer trabalhar em interior #fato

Heldimar Nunes Guimarães disse...

A Dilma tem que ir novamente no horário nobre da televisão Brasileira, ser transparente, não estão cobrando esta atitude do Governo Federal,
ela tem a obrigação de explicar o motivo da medida.

Leila Farkas disse...

Li qualquer coisa sobre a greve dos médicos marcada para esta semana e que, além da AMB, talvez os laboratórios e indústrias farmacêuticas estivessem com algumas intenções por trás disso. É muita teoria da conspiração?

helio ricardo vieira disse...

como sempre as pessoas criticam sem se interessar pela verdade dos fatos,independente de qualquer motivo é melhor contratar do que deixar pessoas que moram no interior,onde os brasileiros não querem ir,sem acesso a um atendimento digno,por isso é melhor conhecer os fatos antes de emitir opiniões sem relevancia.

Marvin Darlington disse...

A Dona Dilma falo tudo.o medico tem direito de trabalhar onde quiser,mas Ela como autoridade tem obrigação de providenciar os medico para os lugares carente.é muito simples.o medico brasileiro não quer ir para periferia e lugares remotos usando a falta de estrutura como desculpe,querendo pintar os médicos de fora como inferior.é mentira.os cubanos são comprovados como os melhores mesmo com os indianos.vamos abrir as portas para estes profissionais,quem sabe,estes médicos brasileiros não se tocam.E parabéns ao governo federal pela coragem,por que para governar,tem que ter coragem.

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração