Pages

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Sindicato dos Bancários de São Paulo é invadido a mando de José Serra



Há poucas horas a sede e – pelo menos uma subsede - do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, filiado a CUT, foi invadido por oficiais de justiça, acompanhados de viaturas policiais, com ordem de arrombamento – se necessário – para buscar e aprender material relacionado a campanha eleitoral, inclusive com ordem de retirada do site o posicionamento político da entidade frente as eleições municipais.

O Sindicato dos Bancários, historicamente, sempre manifestou a posição majoritária de sua direção em seus informativos, como uma forma de orientar a categoria bancária em relação ao posicionamento político de sua direção em eleição de todos os níveis. Foi assim em todas as eleições disputadas por Lula e em todas as eleições para prefeitura e governo do estado desde a retomada do Sindicato para o campo do sindicalismo combativo no final da década de 1970.

Vale lembrar que nem mesmo no período da ditadura militar o Sindicato foi invadido com acompanhamento policial e ordem de arrombamento. A justiça brasileira passa por um processo de necessária reflexão, estamos acompanhando o caso da AP 470, que faz um julgamento político, sem base nos autos do processo, que é um principio jurídico, fazendo a votação de forma a coincidir com as eleições municipais e passando na frente de dezenas de outros processos mais antigos, como o mensalão do PSDB, onde está envolvido o ex-governador mineiro Eduardo Azeredo, à época, presidente nacional do PSDB.

Vimos também a forma truculenta como o judiciário – em conjunto com a PM paulista – no caso do massacre de Pinheirinho. O caso Bancoop é outro que aparece nos anos pares (anos eleitorais) assim como o procurador  José Carlos Blat, que também só aparece nos anos eleitorais, sempre procurando crucificar o PT.

Esta mesma justiça não mantém o mesmo rigor para investigar as denúncias que o livro Privataria Tucana, do jornalismo Amaury Ribeiro Junior apresenta, recheado de documentos, mostrando a lavagem de dinheiro que foi a processo de privatização das estatais e como figuras notórias, como José Serra, sua filha Verônica e outras personalidades do governo Fernando Henrique aparecem envolvidos, ou o caso Aston, Paulo Preto e tantos outros que a justiça não investiga.

No caso desta invasão no Sindicato dos Bancários mostra que a justiça chegou ao fundo do poço e fica difícil tentar justificar qualquer imparcialidade neste episódio que – repito – não assistimos nem mesmo durante o período mais truculento da ditadura militar.

Mais notícias.

O blog do jornalista  Luis Nassif também publicou uma nota

A pedido de Serra, Policia invade Sindicato dos Bancários


Enviado por luisnassif

Agora à noite, oficiais de Justiça, acompanhado de policiais, invadiram as 7 sedes regionais do Sindicato dos Bancários de São Paulo. Com autorização inclusive para arrombar portas e armários, abriram gavetas, vasculharam arquivos, atrás de supostos materiais de campanha contra Serra.

O pedido foi feito pela Coligação Avança São Paulo, de Serra. A ordem inicial era a de recolher a Folha Bancária que, segundo denúncias, traria material de propaganda eleitoral.

Em toda eleição, o Sindicato reserva a última edição, antes da votação, para externar a posição política da diretoria. Foi a isso que se aferrou o grupo de Serra.

13 Comentários:

VERA disse...

Acho que já passou da hora do PT mostrar a força da nossa militância, nos convocando para ir a Brasília protestar contra os GOLPES que a injustiça tucanalha está nos impondo!!! Por que esses filhos da puta não invadem as redações da mídia MALDITA para recolher material de campanha do Serrote-privata-do-caribe-ficha-suja???

Escultar disse...

Plutocracia não é sinônimo de Democracia.

josé lopes disse...

A justiça não manda invadir os templos da Universal com jornais de campanha apoiando o candidato Russomano. E as igrejas pela Constituição Federal não pagam impostos. Deveriam ficar neutras nas eleições. Mas, não é isso que acontece.

Anônimo disse...

Serra deve ter descoberto que a história de "dossiês" não cola mais!

Anônimo disse...

É PRECISO DENUNCIAR AO MUNDO O QUE ESTÁ HAVENDO COM O LULA E O PT NO JULGAMENTO DA AP 470. É a primeira vez que o SUPREMO muda o critérios juridico para prejudicar o PT E O LULA. O SUPREMO pode se tornar igual ao SUPREMO PARAGUAIO.
Toda vez que um ministro cita LULA OU O PT está havendo uma discriminação. Como diz o Saul, acho, a questão é “como uma ex pau-de-arara pôde chegar a presidência” o PIG se pergunta. Precisamos nos mobilização, se não nós trabalhadores e pobres perderemos todas as nossas conquistas.

Franciere disse...

O desespero do tuCANALHAS cresce expo0nencialmente. E podem ter certeza que o Haddad será prefeito de SP.
Eu não entendo a Presidenta Dilma, pois ela enfrentou os bancos e não enfrenta a grande imprensa que é um coito de bandidos. Se ela não enfrentar, ela sofrerá um golpe. A presidenta Dilma pode começar a não fazer mais propagandas na grande imprensa. O ponto mais fraco dessa imprensa (repito: coito de bandidos) é o bolso.

Luiz disse...

Paulistas por favor abrem os olhos com esse DESGRAÇADO chamado de SERRA, isto é um ENORME BANDIDO, não votem nesse VAMPIRO, pesem por favor!!!!!!!!

Luiz Azevedo disse...

Esta atitude ditatorial do Serra merece um veemente repúdio, como vocês estão fazendo. A imprensa fala e faz o que quer, julga e incentiva linchamentos sem provas, mas a Diretoria do Sindicato dos Bancários não pode divulgar sua opinião. Truculência tem sido sinônimo de Serra. Puro desespero. Ainda bem que será o último, depois desta derrota não se elege nem a sindico.
Luiz Azevedo

Anônimo disse...

concordo com tudo que foi dito

Anônimo disse...

concordo com tudo que foi dito

Anônimo disse...

concordo com tudo que foi dito

Lisnei disse...

a velha UDN se vale das instituições para dar seus golpes. Esconde seus podres mas não tem o minimo de escrúpulos para atacar o PT, com Jango JK e Getúlio, usaram das forças armada agora querem se valer da suprema corte, é preciso fazer algo. Viram só passaram todo o periodo de eleição municipal julgando o AP 470, será que fariam assim com os outros? Claro que não, mesmo assim o PT cresce e se fortalece cada vez mais.

Anônimo disse...

Todo poder emana do povo e ponto

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração