Pages

quinta-feira, 24 de março de 2016

Manifestações contra o golpe não param. Hoje tem, e vai até à porta da Globo.

Na quinta-feira, dia 24 de março, a Frente Povo Sem Medo convida todas os brasileiros a ocupar novamente as ruas para manter o momento de vigilância e pressão crucial para garantias constitucionais e das liberdades democráticas.
São Paulo : 17h – Largo da Batata – até a Rede Globo!
https://www.facebook.com/events/965261440232144/
Rio de Janeiro: 11h – UFRJ – Praia Vermelha
Rio de Janeiro: 17h -Cinelândia – Festival pela democracia!
https://www.facebook.com/events/915320918587367/
Fortaleza – 17h – Cuca Jangurussu
https://www.facebook.com/events/117433788653030/
Uberlândia – 17h – Praça Tubal Vilela
Brasília – 17h – Shopping Patio Brasil – Asa Sul – até a Rede Globo!
Povo sem Medo é uma frente de mobilização composta por mais de 30 movimentos nacionais, entre eles a UNE e outras entidades estudantis, focada em mobilizações contra o ajuste fiscal e o conservadorismo.
“(…) Querem aniquilar o movimento social. Querem impor um ambiente de intolerância e linchamento, onde não há espaço para o pensamento e a ação críticos. A solução que a direita brasileira propõe representa ainda o aprofundamento dos ataques a direitos sociais e trabalhistas”, diz trecho da convocatória, publicada no evento oficial do facebook.

DIA 31, TODAS E TODOS A BRASÍLIA

A manifestação também vai mobilizar a sociedade para participar do grande ato no dia 31 de março em Brasília. Nesta data, as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo promovem conjuntamente o Dia Nacional de Mobilização, com uma Marcha a Brasília, além de manifestações em várias cidades brasileiras. O encontro vai reivindicar entra outras pautas defesa do pré-sal da Petrobras, contra o impeachment e pressionar o Fora Cunha!

1 Comentários:

Nivaldo Azevedo disse...

A Manifestação do dia 31 de Março em SÃO PAULO, não tem informações claras sobre local e horário, vocês poderiam postar com mais clareza?

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração