Pages

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Dono do Ibope desafia Aécio mostrar pesquisa em que ele não é rejeitado


Bate-boca no Senado
Falando da rejeição de 55% de Lula, pela pesquisa Ibope, o senador Lindbeigh Farias (PT) subiu na tribuna para ressaltar os 47% de rejeição de Aécio Neves (PSDB). "Foi só um alerta, disse o petista. "Não preciso de alerta", reagiu o tucano, citando a pesquisa CNT/MDA. A discussão seguiu acalorada pelo plenário, e, conta outro senador, Aécio disparou: "Isso é o Ibope!

O fantasma de 2018

A atitude de Aécio sobre pesquisa Ibope gerou reação do presidente do instituto,

Carlos Augusto Montenegro:

"O presidente de um partido grande não sabe a diferença entre potencial e intenção de voto"." E desafia: "Se ele tem pesquisa, diga: quem fez?

Quando? Divulgue o resultado"." Montenegro diz que 15% votaram no tucano e que os outros 33% que recebeu (2014) foram de eleitores anti-PT.(Da coluna de Ilimar Franco)

..O instituto contratado para fazer pesquisa para o PSDB é o GPP. Esse instituto também trabalhou para os tucanos na campanha do 2014. E disse que Aécio seria eleito

4 Comentários:

jorge disse...

Esse cara não para de Chorar, eita garoto mimado do Leblon financiado pelo papai Furnas , vai trabalhar, muito bem pago com dinheiro público

Água Tônica disse...

Olá a todos!

Sobre o pronunciamento do senador Lindenberg relativos aos resultados da última pesquisa do ibope, fica evidente que o PT precisa de oradores melhores, mais qualificados para disputa política e menos ingênuos.

Uma perda de tempo, uma tolice e completamente inócuo o alerta do senador Lindenberg.

Haroldo Cantanhede disse...

O político do PSDB em questão provavelmente seria eleito naquela cidade de MG onde construiu um aeroporto - isso deve ser ótimo para a economia local.Deve ser um aeroporto, vale imaginar, com um MOVIMENTO enorme. Isso quando se encontra a chave do cadeado...

Joaquim Louredo disse...

O senador somente fez lembrar aos que se informam pelos jornais, que Lula não foi o único com alto índice de rejeição

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração