Pages

terça-feira, 10 de março de 2015

Lula se reúne com Centrais Sindicais, OAB, CNBB, UNE para apoiar Reforma Politica popular.


Na segunda-feira (9), o presidente Lula se encontrou com representantes do movimento organizado pela reforma política, centrais sindicais, União Nacional dos Estudantes (UNE), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), entidades que pediram apoio a Lula para a campanha de coleta de assinaturas do projeto da Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas..

Lula se colocou à disposição para ajudar no que for possível.

Apesar de haver outras propostas, uma Reforma com uma Assembléia Exclusiva não tem se mostrado viável a curto prazo, e a proposta da Coalizão é bastante boa, contempla as principais questões necessárias para melhorar a política, como o fim do financiamento de campanhas por empresas. E já está em processo mais adiantado de mobilização com mais de uma centena de entidades e movimentos sociais de peso, além de já contar com mais de 500 mil assinaturas.

Agora só falta você também assinar, se ainda não assinou, e ajudar a colher mais assinaturas entre os amigos e parentes.

Entidades que compõe a Coalizão:


  1. CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil)
  2. OAB (Ordem dos Advogados do Brasil)
  3. MCCE (Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral)
  4. Plataforma dos movimentos sociais pela reforma do sistema político
  5. Conic (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil)
  6. Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura)
  7. CTB/DF (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)
  8. CUT (Central Única dos Trabalhadores)
  9. Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas)
  10. Frente Parlamentar pela Reforma Política com Participação Popular
  11. MST (Movimentos dos Trabalhadores sem Terra)
  12. UBES (União Brasileira dos estudantes secundaristas)
  13. UNE (União Nacional dos Estudantes)
  14. Via Campesina
  15. CNLB (Conselho Nacional do Laicato do Brasil)
  16. Movimento Nacional Contra Corrupção e pela Democracia
  17. Unasus (União Nacional dos Auditores do Sistema Único de Saúde)
  18. IDES (Instituto de Desenvolvimento Sustentável)
  19. Criscor (Cristãos Contra Corrupção)
  20. Abramppe (Associação Brasileira dos Magistrados Procuradores e Promotores Eleitorais)
  21. Confea (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia)
  22. IUMA (Instituto Universal de Marketing em Agribusiness)
  23. ANEC (Associação Nacional de Educação Católica do Brasil)
  24. Aliança Cristã Evangélica Brasileira
  25. CJP/DF (Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília)
  26. POM (Pontifícias Obras Missionárias)
  27. Visão Mundial
  28. Escola de Fé e Política de Campina Grande/PB
  29. CFF (Conselho Federal de Farmácia)
  30. CFESS (Conselho Federal de Serviço Social)
  31. Cáritas Brasileira
  32. MPA Brasil (Movimento dos Pequenos Agricultores)
  33. SINPRO/DF (Sindicato dos Professores no Distrito Federal)
  34. Asbrale/DF (Associação Brasiliense das Empregadas Domésticas)
  35. Igreja Batista em Coqueiral de Recife
  36. Instituto Solidare de Pernambuco
  37. CBJP (Comissão Brasileira de Justiça e Paz)
  38. MMC (Movimento de Mulheres Camponesas)
  39. IBDCAP (Instituto Brasileiro de direito e controle da administração pública)
  40. CSEM (Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios)
  41. CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação)
  42. Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos)
  43. CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)
  44. CLAI Brasil (Conselho Latino Americano de Igrejas)
  45. Abracci (Articulação Brasileira Contra a Corrupção e Impunidade)
  46. A Voz do Cidadão (Instituto de Cultura de Cidadania)
  47. Unacon Sindical (Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle).
  48. IFC (Instituto de Fiscalização e Controle)
  49. APCF (Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais)
  50. Fisenge (Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros)
  51. UBM (União Brasileira de Mulheres)
  52. MEP (Movimento Evangélico Progressista)
  53. Abrapps (Associação Brasileira de Pesquisadores (as) pela Justiça Social)
  54. Fórum da Cidadania de Santos
  55. EPJ (Evangélicos pela Justiça)
  56. Conamp (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público)
  57. Amarribo (Amigos Associados de Ribeirão Bonito)
  58. SAEP-DF (Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar em Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal).
  59. Contee (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino)
  60. Auditoria Cidadã da Dívida
  61. Agenda Pública
  62. Instituto Soma Brasil
  63. UVB (União dos Vereadores do Brasil)
  64. MLT (Movimento de Luta pela Terra)
  65. Rede Brasileira por Cidades Justas Democráticas e Sustentáveis
  66. SENGE-MG (Sindicato de Engenheiros no Estado de Minas Gerais).
  67. Abong (Associação Brasileira de ONGs)
  68. AMB (Articulação de Mulheres Brasileiras)
  69. AMNB (Articulação de Mulheres Negras Brasileiras)
  70. ACB (Associação dos Cartunistas do Brasil)
  71. Campanha Nacional pelo Direito à Educação
  72. CEAAL (Conselho Latino Americano de Educação)
  73. Comitê da Escola de Governo de São Paulo da Campanha em Defesa da República e da Democracia.
  74. Comitê Rio Ficha Limpa
  75. FAOC (Fórum da Amazônia Ocidental)
  76. FAOR (Fórum da Amazônia Oriental)
  77. FBO (Fórum Brasil do Orçamento)
  78. FBSSAN (Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional)
  79. FENDH (Fórum de Entidades Nacionais de Direitos Humanos)
  80. Fórum de Reflexão Política
  81. Fórum Mineiro pela Reforma Política Ampla, Democrática e Participativa
  82. FNPP (Fórum Nacional de Participação Popular)
  83. EPPP (Fórum Paulista de Participação Popular)
  84. FNRU (Fórum Nacional da Reforma Urbana)
  85. IDS (Instituto Democracia e Sustentabilidade)
  86. Intervozes (Coletivo Brasil de Comunicação Social)
  87. LBL (Liga Brasileira de Lésbicas)
  88. MNDH (Movimento Nacional de Direitos Humanos)
  89. Movimento Pró-Reforma Política com Participação Popular
  90. Observatório da Cidadania
  91. PAD (Processo de Diálogo e Articulação de Agências Ecumênicas e Organizações Brasileiras)
  92. Rede Brasil Sobre Instituições Financeiras Multilaterais
  93. REBRIP (Rede Brasileira pela Integração dos Povos)
  94. Rede Nacional Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos.
  95. Movimento Voto Consciente
  96. CFC (Conselho Federal de Contabilidade)
  97. MPD (Movimento do Ministério Público Democrático)
  98. UJS (União da Juventude Socialista)
  99. UNEGRO (União de Negros pela Igualdade)
  100. CONAM (Confederação Nacional das Associações de Moradores
  101. Instituto Brasil Verdade
  102. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil
  103. EDUCAFRO – Educação para Afrodescendentes e Carentes

1 Comentários:

Cesar Henrique de Oliveira disse...

Acho que deveria ser tirado dessa lista (se é que tem alem da OAB) todos os representantes do judiciário brasileiro que não move uma palha para por fim as mazelas de certos juristas como Gilmar Mendes e "juiz" Moro que estão a serviço das direitas reacionárias e entreguista do BRASIL e querem ferrar o povo.
Abaixo a rede globo que comprou o Dr. Moro.

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração