Pages

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Fernando Baiano e Pedro Barusco contam que fizeram parte do governo FHC



Em depoimentos à Polícia Federal, lobista e ex-diretor contam que começaram a praticar seus crimes há mais tempo que a mídia velha tenta convencer a opinião pública
 Na sexta feira (21), o ex-gerente da diretoria de Serviços da Petrobras. Pedro Barusco, depois de fazer acordo de delação premiada como forma de diminuir seu possível tempo de prisão, relatou em depoimento à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal, que recebeu cerca de US$ 100 milhões em propinas por negócios escusos na Petrobras desde 1996, no governo Fernando Henrique.Fazendo coro com Barusco, na mesma semana foi a vez de outro diretor, o lobista Fernando Antonio Falcão Soares, conhecido como Fernando Baiano, dizer à Polícia Federal que começou a fazer negócios com a Petrobras durante o governo do.... Leia mais aqui

2 Comentários:

Maia Oswaldo disse...

Atenção PT! Um cafajeste alcunhado de Alexandre Gracinha, comentarista da sonegadora de impostos e defensora intransigente dessa quadrilha, usou o péssimo dia Brasil para acusar os eleitores do PT de serem cúmplices da corrupção na Petrobras. Será que o PT, mais uma vez, permanecerá calado? Lula, você e a Dilma precisam assumir urgentemente o comando do Partido.

Dilma Coelho disse...

Escolhido por Dilma Rousseff para ocupar o Ministério da Fazenda, Joaquim Levy colaborou informalmente com a campanha de Aécio Neves (PSDB), principal adversário da presidente na disputa eleitoral de 2014. O ex-secretário do Tesouro, hoje no Bradesco, foi aluno de Armínio Fraga, ex-presidente do BC de Fernando Henrique Cardoso e coordenador do programa econômico tucano.
Os dois mantêm uma relação próxima. Segundo três integrantes do time do tucano e um parlamentar que acompanhou a campanha de Aécio, a linha direta de Levy era com Armínio Fraga.”Levy é pupilo do Armínio e foi ouvido na campanha”, disse um aliado da equipe do então presidenciável.

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração