Pages

sexta-feira, 13 de junho de 2014

O ridículo xingamento dos 1% da elite demotucana vaiando os outros 99% do povo.


A turma que pagou ingresso caros na área VIP ou ganhou convites de grandes empresas no primeiro jogo da Copa do Mundo em São Paulo, foi quem puxou vaias e xingamentos à presidenta Dilma. Será que não se dá conta de que o vexame é de quem xingou?

O simbolismo é da elite econômica (ou quem se acha) demotucana vaiando o povão representado na figura da presidenta.

Dilma não foi vaiada pela pessoa física que ela é. Foi vaiada por fazer um governo que prioriza fazer os mais pobres entrarem na classe média.

É os 1% mais privilegiados vaiando os outros 99% do povo.

É curioso como as oligarquias brasileiras perdem o senso do ridículo. São como personagens de programas humorísticos, onde:

Racistas grotescos vaiassem Nelson Mandela.

Madames vaiassem empregadas.

Banqueiros vaiassem bancários ou seus clientes que reclamam das taxas de juros.

Como se a Casa Grande vaiasse a Senzala.

Não sei, não, mas acho que esse xingamento é um tiro pela culatra para os tucanos. O povo tem sentimento do que é justo e do que não é, tem noção do que está acima do tom, de quem é algoz e de quem é vítima, e sobretudo identifica quem é quem, e de que lado cada um está.

Só expõe o grotesco que a elite demotucana quer fazer do Brasil, o ódio que os demotucanos tem a um governo popular, e une o povo que tem mais amor e compromisso com nosso país em torno do projeto de construir uma grande nação tocado primeiro por Lula e agora por Dilma.

Radicalização sempre é uma faca de dois gumes. A elite demotucana, sem querer, está reaglutinando a base eleitoral da presidenta Dilma, como aconteceu com Lula em 2007 nos jogos panamericanos do Rio. A oposição demotucana elitista orquestrou uma vaia para o presidente Lula. O povão o defendeu.

3 Comentários:

Carlos S. M. Carvalho disse...

#XINGOUQUEMVOTAAÉCIO - Pode faltar escolaridade ao povo, desde a ditadura, mas falta de educação é com a turma do Aécio!

Bel disse...

O dinheiro dos impostos que foi usado para a construção dos estádios para a Copa do Mundo foi melhor utilizado do que se fosse aplicado na Educação. Explico: se fosse usado para melhorar a Educação de cidadãos que insultam uma Chefe de Estado na abertura de eventos esportivos e dos que aprovam o insulto, aí sim seria dinheiro jogado no lixo. Para essas pessoas que insultaram a presidenta Dilma e para os que incentivam a violência física e verbal, não há dinheiro que corrija a má educação já instalada na pobreza de espírito dessa minoria de brasileiros e brasileiras que tem ódio do Brasil. O engraçado é que, se podem pagar um ingresso na ala VIP para destilar ódio, também podem comprar uma passagem de ida e morar definitivamente fora do Brasil. Mas não vão. Pelos vídeos e fotos que vi dos que estavam insultando a presidenta e incentivando a violência, eles parecem bem alimentados e endinheirados. Será que conseguiriam manter o mesmo padrão de vida na Europa ou EUA fazendo o que fazem aqui? Lembrando que a presidenta Dilma tratou de cumprir contratos e viabilizar a Copa organizada por uma empresa privada como vários outros eventos que acontecem no Brasil com apoio do governo federal e dos estados e municípios. Esses mesmos que insultaram a presidenta brincam no Carnaval de todos os anos que já consumiu durante décadas muitos bilhões a mais que uma Copa do Mundo? Se pulam Carnaval e não reclamam da má utilização de dinheiro público de estados e municípios em eventos carnavalescos que após terminar só deixam lixo pelas ruas, então está explicado a atitude dos insultadores VIPs. A Copa do Mundo vai deixar um legado muito maior do que o lixo do Carnaval contra o qual eles não protestam. Parabéns, presidenta Dilma! Parabéns por ter viabilizado a Copa no Brasil! E para esses que a insultaram, só resta torcer que os pais ou algum responsável (ou a polícia, se for o caso), consiga dar-lhes a educação que deveriam ter recebido desde o berço. Investir na Educação de quem tem meios para incentivar e disseminar a má educação é jogar dinheiro público no ralo. Investir no esporte gera mais cidadãos educados do que investir em ensino ¨superior¨ de VIPs

Bel disse...

Pensando bem...o termo ¨c-u¨ tem vários significados. Um deles é a abreviação da expressão em inglês ¨see you¨ (c = see e u = you), muito usado em chats. Outro é o símbolo do elemento químico Cobre, um dos metais mais importantes da industrialmente. Se considerarmos este último, os insultadores VIPs desinformados mandaram a presidenta tomar algo em algum copo ou caneca de cobre. Seja qual o significado, T-M-N-C pode ser mais patriótico (e higiênico) do que tomar em canecas e copos de certos programas de TV e redações de jornais e revistas do PIG.

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração