Pages

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Com medo de vaia, Temer deve evitar velório; pai de jogador pede dignidade



Com receio de protestos contra o governo federal, o presidente Michel Temer não deve participar neste sábado (3) do velório coletivo das vítimas do desastre aéreo que matou jogadores e dirigentes da Chapecoense.

Pela programação montada pela Presidência da República, o peemedebista deve participar apenas de uma cerimônia reservada de recepção dos corpos das vítimas, marcada para a manhã do sábado no aeroporto municipal.

A expectativa é que o presidente esteja acompanhado da primeira-dama, Marcela Temer, e entregue medalhas em homenagem aos jogadores mortos.

Segundo a Folha apurou, o Palácio do Planalto identificou uma mobilização de grupos de esquerda para promover neste sábado um protesto contra o governo federal em Chapecó.

Por conta da ameaça, o presidente chegou a até mesmo ser recomendado por assessores e auxiliares a não viajar para a cidade, para evitar que uma manifestação pudesse prejudicar a cerimônia fúnebre.

Por enquanto,  a viagem está mantida. Nas palavras de um assessor presidencial, é importante que o peemedebista demonstre solidariedade diante de uma tragédia nacional e ignore "aqueles que querem promover disputa política em momento de dor".


PAI NÃO IRÁ A AEROPORTO

O pai do zagueiro Filipe Machado disse nesta sexta-feira (2) que não irá ao aeroporto se encontrar com o presidente. Em entrevista para o canal televisivo ESPN, ele disse que considera a atitude de Temer um desrespeito. "A pessoa importante aqui hoje somos nós e os nossos filhos que morreram", afirmou.

Osmar Machado disse ainda que o presidente deveria "ter vergonha na cara" e ir até o velório na Arena Condá. "Eu vou chegar lá, cumprimentar e vai sair no mundo inteiro 'O pai do Filipe cumprimentou o Michel Temer'. O que que eu quero com esse tipo de coisa? Eu não preciso do cumprimento dele no aeroporto. Se ele tem dignidade e vergonha na cara, que venha aqui cumprimentar as pessoas."

1 Comentários:

gilmar alencar disse...

PEC 241 DA MORTE DE MILHOES DE POBRES, PEC GENOCIDA, CRIME CONTRA A HUMANIDADE, PEC DOS PSICOPATAS DE INFINITO SADISMO QUE ALIMENTAM-SE DO SOFRIMENTO DO POVO. Querem roubar nossos direitos mais basicos e, com a pec 241, vao matar aos poucos centenas de milhares que vao agonizar em filas quilmetricas na frente de hospitais totalmente sucateados pela pec 241. PEC 241, UMA NOVA BOMBA NUCLEAR MAIS POTENTE MAS QUE VAI MATAR AOS POUCOS, GENOCIDIO TUPINIQUIM. Talvez pela via do sofrimento o povo aprenda a varrer com as zunha essa elite genocida que rouba bilhoes, suga a vida do povo e com pec 241 vai multiplicar exponencialmente a agonia e morticinio dos idosos e fracos. Monstros, arrotam caviar rindo da fome alheia. ELITE GENOCIDA, SEJA JÁ VARRIDA ! Pelo voto e por nossas zunha de classe D aliados ao pessoal da classe media que tenham piedade da classe D

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração