Pages

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Passeando no feriadão



 Em semana de recesso branco na Câmara por causa do feriado de 2 de novembro, deputados aproveitaram a paralisação dos trabalhos para irem ao exterior. Nesta semana, 17 deputados estarão viajando em seis missões oficiais pagas pela Casa. Outras três viagens já estão autorizadas para o mês de novembro e em fase de organização. A Câmara não divulgou os custos das missões oficiais.

A principal viagem está sendo liderada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ao Azerbaijão, na Ásia. Maia embarcou na sexta-feira, 28, acompanhado dos líderes do PSD e PPS, Rogério Rosso (DF) e Rubens Bueno (PR), além dos deputados José Carlos Aleluia (DEM-BA) e Heráclito Fortes (PSB-PI). Na agenda da comitiva brasileira, além de um encontro com o presidente do país caucasiano, Ilham Aliyev, devem ocorrer reuniões com integrantes do setor petrolífero. Os parlamentares voltam a Brasília na quinta-feira, 3, à noite.

Nos Estados Unidos estão o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Osmar Serraglio (PMDB-PR), acompanhado de Marcos Rogério (DEM-RO) e Evandro Gussi (PV-SP), ambos membros da comissão, em missão de cooperação com parlamentares do Congresso daquele país. Oficialmente, a viagem visa promover o compartilhamento de experiências no processo legislativo entre a Câmara brasileira e a House of Representatives (Câmara dos Deputados daquele país). Os deputados estão nos EUA desde quarta-feira, 26, e deixam Washington amanhã, 1.º.

Quando os membros da CCJ estiverem embarcando de volta ao Brasil, o deputado Jorde Tadeu Mudalen (DEM-SP) estará viajando para Nova York, onde participará da 71.ª Assembleia Geral das Nações Unidas. Mudalen está autorizado a acompanhar o evento entre 1.º e 7 de novembro.

A Câmara também autorizou a viagem o deputado Antônio Jácome (PTN-RN) a participar do Congresso Mundial de Câncer em Paris, capital francesa. Jácome ficará no País desta segunda-feira à quinta-feira, 3.

Até o final desta semana, outros parlamentares devem viajar em missão oficial. César Halum (PRB-TO), Roberto Alves (PRB-SP), Evandro Roman (PSD-PR), José Rocha (PR-BA), Flávia Morais (PDT-GO) e Roberto Góes (PDT-AP) estarão de 3 a 11 de novembro visitando a Comissão Australiana de Esporte e a Comissão Olímpica de Esporte em Sidney e Camberra, na Austrália. Na Nova Zelândia, o grupo de parlamentares conhecerá as instalações esportivas de alto rendimento em Auckland.Estadão

2 Comentários:

João Luiz disse...

Enquanto isso... No Sul...

A esquerda em Curitiba (no Sul) ficou é discutindo CHEIRO CORPORAL sem banho. Tentando DERRUBAR o GRECA!
Mas Greca ganhou, mesmo assim...

GRECA e o FEDOR
[A Política & a Manipulação pela Linguagem,
em Curitiba. HIPOCRISIA]:

O Cheiro Corporal:
É bom ver o político Greca.
Greca, PMN, é antissentimentalista. Não hipócrita sobre FEDOR. Não se faz de vítima.

GRECA DISSE QUE QUASE VOMITOU AO COLOCAR UM MENDIGO em seu carro. Morador-rua... ¿E daí? Mendigo não FEDE NÃO???
ESSA de GRECA, sobre FEDOR, é medida exata de cara não HIPÓCRITA. Ouvido para diálogo, seu antissentimentalismo/humor sardônico, transformou a paisagem política de Curitiba.

Um ANIMAL fica dias sem banho e não fede. O HUMANO já 1 dia sem banho é um FEDOR danado.

redomona disse...

CAMBADA DE CORRUPTOS NOJENTOS, DESVIAM O DINHEIRO DA SAUDE DOS TRABALHADORES PARA FAZER TURISMO ÁS NOSSAS CUSTAS. DEUS DE REPENTE FAZ UM BEM: DÁ UM SOLUÇO E DERRUBA OS AVIÕES DE VOCÊS!!

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração