Pages

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Compadre



A defesa do ex-presidente Lula questionou um desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região sobre sua relação com o juiz Sergio Moro. Os advogados quiseram saber se João Pedro Gebran Neto é próximo de Moro e se seria padrinho de um dos filhos dele.

NOS AUTOS
No pedido, a defesa do petista citou a "necessária equidistância que deve ser observada pelo magistrado". O tribunal, que tem a tarefa de revisar as decisões da Operação Lava Jato, afirma via assessoria de imprensa que apenas "se manifesta sobre as questões processuais". A assessoria de Moro diz que sua resposta é a mesma.

NOS AUTOS 2
O desembargador Gebran Neto quase sempre endossa, como outros magistrados do tribunal, as medidas tomadas por Moro em relação aos investigados da Lava Jato.-Monica Bergamo

1 Comentários:

Mário Gontijo disse...

RABOS PRESOS E INTERLAÇADOS! DIFÍCIL DESENLAÇAR!

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração