Pages

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Não vamos pagar o pacto do golpe




Um dos articuladores do impeachment foi Paulo Skaf, da Fiesp, que criou os patos infláveis contra a alta dos impostos ("não vou pagar o pato"). Agora o presidente Temer já admite a alta dos impostos para reduzir um pouco o tremendo déficit orçamentário. A Cise, talvez, sobre os combustíveis, que não precisa de aprovação do Congresso. Ou a CPMF

Para o governo, vamos combinar, é mais fácil aumentar impostos do que reduzir despesas. Onde já se viu privar um funcionário de médio escalão de seu carro com motorista?... mas se disfarça

A campanha "somos contra a alta dos impostos, mas é necessária" já começou: pesquisa patrocinada pela Associação Comercial de São Paulo diz que 77% dos brasileiros acham justo que os mais ricos paguem mais impostos. Aliás, não são bem os mais ricos: são os que têm maiores salários no País.

As grandes fortunas ficam fora. Rico mesmo é sempre poupado.

Leia mais  aqui em  Lava Jato chega no ninho tucano, com delações contra Aécio e Serra

1 Comentários:

Eduardo de Paula Barreto disse...

.
O PATO DE TROIA
.
Onde estão aquelas panelas
Que davam ritmo aos gritos
Daquele povo comprometido
Com o combate às mazelas?
Onde foi parar a multidão
Que dizia que toda corrupção
Era culpa de Dilma Rousseff?
Cadê os defensores da justiça
Que abraçavam a polícia
Para tirar cômicas selfies?
.
O grito daquele povo
Virou silêncio de vergonha
Ao perceber as artimanhas
Nas quais caíram feito bobos
E que permitiram aos mafiosos
Assumir sem esforços
O controle do Brasil
Para colocarem em prática
As medidas antidemocráticas
Que Getúlio extinguiu.
.
As camisas amarelas
Voltaram para as gavetas
E tristes camisas pretas
Ocuparam o lugar delas
Em sinal de luto
Pelo ataque súbito
Contra a Democracia
E as panelas amassadas
Foram todas condenadas
A estar sempre vazias.
.
Concluída a tramoia
Os coxinhas perceberam
Que o pato que defenderam
Era o Pato de Troia
Que trazia dentro de si
Dentre todas as mais vis
Das políticas conservadoras
Que se mostraram elitistas
Ao retirarem as conquistas
Da classe trabalhadora.
.
Eduardo de Paula barreto
13/07/2016.
.

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração