Pages

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Noam Chomsky defende Dilma e diz que ela é acusada por 'gangue de corruptos'



A presidente  Dilma  foi defendida pelo linguista e ensaísta norte-americano Noam Chomsky em declaração dada ontem para o DemocracyNow. "Uma líder política que não roubou sendo acusada por uma gangue de corruptos, que fizeram isso (roubaram para enriquecer) é uma espécie de golpe branco", afirmou o intelectual. O vídeo com as declarações de Chomsky foi compartilhado nas redes sociais de Dilma.

Citando o New York Times, Chomsky diz que Dilma é "talvez a única liderança política que não tenha roubado a fim de beneficiar a si própria" e ressalta que a elite brasileira "sempre detestou" o PT "e está usando esta oportunidade para livrar-se do partido que ganhou as eleições".

O linguista disse ainda que acusações que constam no pedido de impeachment, como as chamadas pedaladas, não são suficientes para justificar o afastamento de Dilma e a sua eventual cassação. "Ela está sendo acusada de operações no orçamento que são bastante normais em muitos países, tirando de um bolso e colocando em outro. Talvez seja uma ação equivocada de alguma maneira, mas certamente não justifica um impeachment", afirmou.

Sem citar o vice-presidente Michel Temer, Chomsky destaca que os articuladores do impeachment "não estão esperando as eleições que eles provavelmente iriam perder". "Mas eles querem se livrar dela explorando uma recessão econômica, o que é grave, e uma corrupção maciça que tem sido exposta".

Ontem, Dilma recebeu manifestações de artistas brasileiros no Festival de Cannes. No tapete vermelho, os artistas levaram cartazes em inglês e francês afirmando que "um golpe aconteceu no Brasil". Do Estadão

3 Comentários:

Maia Oswaldo disse...

Helena, o VELHO acertou em cheio. A gangue de corruptos é muito PODEROSA. Só o tenente-coronel São Francisco (Aldo Rebelo) e o Zé da Justiça não acreditavam que a quadrilha é a mais organizada do planeta.

janaina oliveira disse...

Está na hora dos "caras pintadas". A UNE, sugiro, deveria colocar em "pauta", junto as unidades estaduais o protesto do tipo "caras pintas".
#Caraspintadascontragolpe.

Eles serão a "corda" de uma imensa "caçamba". É ver pra crer.

Dios, el unico! disse...

E´ou nao e o que sempre digo?
O mundo reconheceu o resultado da votacao do impeachement como
"GANHARAM NO GOLPE"

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração