Pages

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Tudo se explica



Os R$ 172 mil que o juiz Sérgio Moro liberou para a PF de Curitiba, com um despacho incisivo sobre a necessidade de socorrer a Lava Jato de falta de dinheiro, têm explicação diferente da consolidada. Foi um lance da PF para não perder essa importância que sobrara do milhão recebido, para uso na Lava Jato, em 2014.

As ameaças de demissão em massa na PF, em reação a um corte em sua verba que prejudicaria a Lava Jato, além de outras operações, também precisam clarear-se: o Ministério da Justiça tem mais de R$ 2 bi para gastos extraordinários, que podem suprir com folga qualquer possível necessidade da PF.

Tudo se explica: os delegados querem equiparação de vencimentos à Controladoria-Geral da União. São, porém, atividades muito diferentes e exigem formações muito específicas. Mas já começaram as ameaças à segurança na Olimpíada.

5 Comentários:

Maia Oswaldo disse...

Helena, e no que concerne ao boicote às investigações criminais contra a quadrilha tucana e seus cúmplices, o rogerinho e seus colegas, todos filiados ao PSDB/PR, não vão tornar público os motivos pelos quais decidiram fechar os olhos para: apreensão de 450 kg de cocaína; queda do jatinho do dudu campos; operação zelotes, etc. A sorte desses indivíduos é que o zé da justiça é muito fraquinho, e a vovó dilminha morre de medo deles e da IMPRENSA CRIMINOSA. Caso contrário, teriam engrossado a lista de maus servidores expulsos do serviço público em 2015.

Darci Almeida disse...

Demissão em massa. Quero ver prá crer.A grande maioria do funcionalismo público não quer nada com trabalho. Jamais abandonariam o emprego come e dorme. Podem ser competentes mas não gostam de trabalho, não é atoa que são privatistas, mas não enfrentam o mercado, querem só a vida mansa e a estabilidade do serviço público.

Betotelles disse...

Explica mas não justifica a falta de ética em usar e abusar de mentiras para constranger o governo induzindo a população a acreditar que estaria ocorrendo uma tentativa de sufocar a PF cortando verbas para impedir as investigações.

OFICIO DA IMAGEM FOTOGRAFIA E VÍDEO disse...

Socorro. Não chamem a policia!!!!

OFICIO DA IMAGEM FOTOGRAFIA E VÍDEO disse...

Vamos mudar a sogra de PF, para PT. Explico: Policia da Tucanolândia.

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração