Pages

domingo, 20 de setembro de 2015

Confusão do público com privado: Tesouraria de Aécio foi em escritório de fornecedora da Cemig


A Engeform é fornecedora da Cemig. Conforme o Diário Oficial de Minas Gerais, a empresa executou um contrato de "implantação do reforço para a região metropolitana de Belo Horizonte". Inclusive teve um aditivo em maio de 2013, elevando o valor de R$ 35,96 milhões para R$ 36,4 milhões. Engeform doou para a campanha presidencial de Aécio Neves no ano passado a quantia de R$ 200 mil
Mas nem todas as gentilezas dos fornecedores da Cemig à campanha de Aécio foram declaradas aluguéis contabilizados por estimativa, o valor declarado foi equivalente a R$ 3,3 mil mensais cada conjunto, muito abaixo do mercado. Na prestação de contas, no mesmo prédio, o PSDB aluga o conjunto 212 pelo valor mensal de R$ 20 mil. Conclui-se que deixaram de ser contabilizados cerca de R$ 100 mil. Continue lendo aqui

3 Comentários:

daniel augusto da silva disse...

Este é o jeito psdb de governar

MIGUEL ÂNGELO MAERTINS MOCBEL MOCBEL disse...

é dinehiro de quermesse, gente!

Jbmartins-Contra o Golpe disse...

Este dinheiro foi benzido pelo Santo Yossef.

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração