Pages

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Em meio a chacina, comandante da PM do Alckmin tira folga e viaja aos EUA

Nem coxinhas aguentam mais o desgoverno de Alckmin e fazem carreata e buzinaço até a porta do  Palácio Bandeirantes, sede do governo paulista, onde pararam para manifestar.

Com chacinas e matança de trabalhadores pobres na periferia e com aumento de latrocínios nos bairros mais ricos, o comandante geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, coronel Ricardo Gambaroni, tira folga e viaja para os Estados Unidos. Motivo? Renovar habilitação de piloto de avião, um assunto privado alheio às suas funções de comando. Leia mais aqui.

4 Comentários:

MARCOS F.L. disse...

Essa estatística de segurança pública de São paulo de 9 homicídios por cada grupo de 100 mil habitantes não condiz com a realidade porque é taxa de país europeu com baixa densidade demográfica.

MARCOS F.L. disse...

ESSA TAXA DE 9 HOMICÍDIOS POR GRUPO DE CEM MIL HABITANTES NÃO CONDIZ COM A REALIDADE É ESTATÍSTICA DE PAÍS EUROPEU COM BAIXA DENSIDADE DEMOGRÁFICA.

Djijo disse...

Isso não era tática do Serra? E de George Bush?

xicão martins disse...

Quem será que pagará as passagens do Coronel heim...

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração