Pages

terça-feira, 10 de março de 2015

As 9 perguntas essenciais que faltam fazer a Barusco na CPI.

1) Quem o levou do CENPES para a gerência de produção ou tecnologia de perfuração em 1995?

2) Explique qual período em que o senhor foi gerente de tecnologia de perfuração e qual período o senhor foi gerente de produção.

3) Qual era o escalão destas gerências quando o senhor ocupou o cargo até ser promovido em 2003? Quais eram as gerências e diretorias acima da sua no organograma? Quem eram os gerentes superiores e o diretor?

4) Quem foi responsável pelo convite à SBM sem licitação em 1997 que o senhor recebeu propina?

5) O Sr. disse em delação premiada que tinha poder de decisão sobre o contrato com a SBM em 1997 ou 1998. Quem lhe delegava poderes de decisão se estava em escalão inferior ao de 2003?

6) O Sr. tem conhecimento se teve propina na contratação da P-36 que afundou, como houve no caso da SBM? O senhor recebeu propina neste contrato?

7) O Sr. participou da comissão interna que investigou o afundamento da P-36. Qual seu conhecimento e participação neste contrato da P-36?

8) O Sr. é investigado na Holanda. Por propinas da SBM, certo? Quantas e quais pessoas são investigadas junto? Quais são funcionários da Petrobras?

9) Quando e por que o Sr. teve contas bloqueadas na Suíça antes da operação Lava Jato?

3 Comentários:

LC-STONES GRANITOS (ES) disse...

Eu estava acompanhando pelo G1. E tava tudo normal enquanto a oposição falava. Notei que deixou de ser transmissão ao vivo assim que entrou o PT. Alguem teve a mesma percepção? Inclusive em outros portais.

LC-STONES GRANITOS (ES) disse...

Postei comentario mais cedo e não consta aqui

Rogério Maestri disse...

Assisti praticamente todo o depoimento do tal de Barusco e CINCO pontos repetidos mais de uma vêz pelo tal de Barusco me chamarou a atenção.

1ª) Ele declarou que as empresas pagaram os $300 milhões de dólares e não receberam nenhum BENEFÍCIO (foi repetido mais de uma vez)
.
2ª) Ele declarou que as empresas que não pagavam nada não sofriam nenhuma represália ou pressão.

3ª) Que os orçamentos eram feitos por outras pessoas que não ganhavam nada e não sabiam dos US$300 milhões.

4ª) Que os aditivos eram feitos por outros e os diretores que recebiam o dinheiro não influenciaram nestes aditivos.

5ª) Que as empresas pagavam a comissão simplesmente para se manter seus negócios e faziam seus próprias propostas.

Conclusão absurda: Segundo isto as empresas pagaram U$300 milhões para não ser beneficiadas, só para manter seus negócios, eles pagaram US$300 milhões só pelos belos olhos dos diretores.

Estas declarações segundo ele foram as mesmas da denúncia premiada, ou seja, o Juiz Moro, os Delegados Federais e o Ministério Público aceitaram esta IMENSA MENTIRA, pois se alguém dá propina a alguém é para obter algum benefício.

ESTÃO FAZENDO O CONGRESSO E A POPULAÇÃO DE BOBOS, POIS ISTO QUE FOI DECLARADO CONTRARIA O BOM SENSO DE QUALQUER UM.

O que mais me surpreendeu foi que os deputados da situação e da oposição não fizeram nenhuma pergunta sobre isto, ou seja, ninguém ficou intrigado sobre esta FANTÁSTICA PROPINA, que não traz benefícios àqueles que são achacados.

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração