Pages

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Ex-deputado tucano pode ser o homem-bomba na CPI da Petrobras

Lava Jato também atinge gestão FHC

Parlamentares bem que poderiam convocar o ex-deputado Mauro Orofino Campos (PSDB), que era o presidente da Transpetro até 2003. Talvez ele explicasse as propinas nos anos FHC
 O ex-gerente de Engenharia da Diretoria de Serviços da Petrobras Pedro Barusco, que fechou acordo de delação premiada, informou que começou a receber propina em 1997 ou em 1998, durante o governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB). De acordo com Barusco, o suborno era pago pela empresa holandesa SBM. Na época, ele ocupava o cargo de gerente de Tecnologia de Instalações, no âmbito da Diretoria de Exploração e Produção...Leia mais aqui

3 Comentários:

Maia Oswaldo disse...

Helena, vamos extraditar a quadrilha bicuda para a Indonésia? O Joko Widodo agradece!

Mão da Lei disse...

Minha cara ,Verifique que este SR MC foi ex presidente da transpetro, tem um fundo de investimento com mais de 400 milhōes sendo que 70 milhões que ele TOMOU do POSTALIS Amigo pessoal de PRC nas negociaçōes na industria naval .Sócio do Sergio Machado nas suas articulações !!!! O fundo chama-se RN INDUSTRIA NAVAL que a pouco tempo trocou de nome. VERIFIQUE O QUE ESTOU DIZENDO !!!!

Mão da Lei disse...

Helena tenho muito a te falar !!!!

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração