Pages

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Mercado prevê classe média no sufoco e carrinhos vazios, se Aécio ganhasse.

http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN0HY1LW20141009

Agência de classificação de risco Fitch, que faz análises e previsões sobre o desempenho econômico de empresas, afirma que eventual eleição de Aécio Neves (PSDB) poderá ter maior impacto negativo para o Carrefour e Casino, dono do Grupo Pão de Açúcar.

Diz que ‘as políticas econômicas do PSDB incluem medidas para deter a inflação, "que vem sendo um importante suporte ao crescimento nominal de um dígito alto das vendas’ e que o gasto dos consumidores também poderá ser afetado por uma política fiscal mais rigorosa.

Traduzindo para o popular: a classe média, seja a chamada nova classe média, seja aquela que sempre foi remediada, que forma a massa do mercado de consumo interno, terá menos dinheiro no bolso, ficará na pindaíba com as medidas amargas prometidas por Aécio e com o "choque de gestão" tucano.

O resultado dessas políticas amargas é arrocho dos salários e aposentadorias, além de desemprego.

Com desemprego alto, com salários arrochados, as famílias teriam que apertar o cinto, comprar menos no supermercado, e ficarem com o prato mais vazio na mesa.

A notícia não fala, mas pela mesma lógica o setor de shopping centers e todo o segmento lojista também sofrerá o mesmo efeito. E o pior é que todas estas empresas vendendo menos, acabarão também demitindo empregados, piorando a situação.

É por isso que quem é trabalhador ou aposentado de classe média, micro-empresário, ou mesmo grande empresário do setor produtivo tem que ser louco para votar em Aécio.

1 Comentários:

DAIANE DA SILVA MOURA CABRAL Ca disse...

PRESIDENTE DILMA,ESSE TUCANO É UMA DESGRAÇA PARA NÓS E PARA O BRASIL...

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração