Pages

sábado, 3 de maio de 2014

Mesmo com trapaça na pesquisa, Aécio empaca e Dilma vence no 1o. turno.

O instituto Sensus foi contratado pelo PSDB, e agora fechou uma parceria com a revista IstoÉ para publicar uma série de pesquisas até outubro.

Mas começou mal. Muito mal, já trapaceando na primeira pesquisa para dar uma mãozinha ao tucano Aécio Neves.

Todas as pesquisas estimuladas recomendam mostrar um cartão circular com os nomes de candidatos em igual tamanho, para o eleitor procurar o nome de candidato de forma aleatória. O Sensus apresentou uma lista em ordem alfabética, aproveitando que Aécio começa com "A" e aparece sempre em primeiro lugar, o faz ele elevar alguns pontos.

Se o Instituto cometeu essa trapaça declarada publicamente ao ser obrigado a registrar o questionário, como confiar que outras extravagâncias não tenham sido feitas para turbinar Aécio?

Resultado: essa pesquisa não tem valor nenhum para ser levada a sério. É só para gerar manchete, como se Aécio fosse um candidato viável, para ver se ele decola.

O pior é que por mais trapaças que faça, o tucano continua empacado no segundo lugar longe da presidenta, e Dilma ainda vence em primeiro turno, se bem com o jeitinho dado pela pesquisa, diz que a soma dos votos dos oposicionistas estariam próximos do total de votos de Dilma, o que aumentaria a probabilidade de segundo turno.

Se alguém ainda tiver curiosidade de ver os números do Census, que não valem nada, por causa da trapaça, os números são estes:

Cenário com 3 candidatos:

Dilma Rousseff (PT) 35,0%
Aécio Neves (PSDB) 23,7%
Eduardo Campos (PSB) 11,0%
Indecisos/brancos/nulos 30,4%

Cenário com 8 candidatos:

Dilma Rousseff (PT) 34,0%
Aécio Neves (PSDB) 19,9%
Eduardo Campos (PSB) 8,3%
Pastor Everaldo (PSC) 2,3%
Randolfe Rodrigues (Psol) 1,0%
Eymael (PDC) 0,4%
Mauro Iasi (PCB) 0,3%
Levy Fidelix (PRTB) 0,1%
Indecisos/brancos/nulos 33,9%

2 Comentários:

ANTONIO LUIZ disse...

Estamos perdendo terreno de bobeira, temos que ter um divulgador de pesquisas oficial que mede e conversa com o eleitor toda semana daqui pra frente, tem que ter um canal confiavel fidedigno para levar essa informação ate o povão ate os cafundós pelo brasil de ponta a ponta, tem que trazer o povo para a briga, colocar as cartas na mesa, provocar o adversario, em vez de so responder provocações, e como num ring de boxe, tem que encostar o cabra na cerca, vamos jogar com a farta munição que temos, o nokaut começa no primeiro round, e que munição pode ser colocado no ventilador agora? Começar fazendo um paralelo futuristico como estaria o adversario no desgoverno já em 2015, acabando com as bolsas, educação, familha,fies, cortando beneficio do inss, desmantelo total da economia para recuperar a renda que eles dizem que esta sendo tirada dos ricos a 11 anos para dar pros pobres que eles odeiam,e em lugar disso, quando a aflição vier, familhas revoltadas passando fome, escasses, desordem, vão mandar a poliçada decer o pau, e a parceira midia vai mafumbar tudo, ninguem viu nada, ai nego vai chorar, era feliz e não sabia, tem que comunicar num vocabulario chulo a moda do povo, pois so assim eles endendem, o povo não gosta, ta cheio e tem nojo de frases formadas palavras bonitas, tem que mostrar a cara como ela é, falar, criticar chutar o balde na base do tratorzão, põ com borra, preparar bem uma justiça enchuta e meter a cara de vez, liquidar a fatura logo no primeiro turno e desembuchar para dar seguimento ao que mais interessa, o crescimento na riqueza do brasil juntamente com o o povão assim como ja começamos e esta dando certo, fazer a economia girar nas mãos do povo, pois tomamos gosto pela coisa, e ninguem vai ser bobo de largar o seu pedaço que demoraram a conquistar, quer coisa melhor do que pobre ter seu carro sua moto andar de avião, e ainda fazer churrasco todo mes curtindo seu pagode seu futebol nos domingos e na semana seguinte ter dinheiro na carteira? Pois e isso que o povão Zés, Jaoquins, Marias, e Anas passaram a possuir apartir de 2003, um marco na vida do brasileiro que passaram verdadeiramente a fazer parte do Brasil, não apenas gritando Gool pelo time do coração, isso com a nova politica do PT de LULA, que nos trouxe DILMA, e que para não acontecer uma guerra nacional não podemos soltar a ponta desta corda, se depender de mim, da minha familha, a minha ponta ninguem tasca

Luiz Mattos disse...

Beleza de comentário Antonio,os Diretórios poderiam fazer sua parte e o Partido necessita de pesquisas internas e divulga-las.

Postar um comentário


Meus queridos e minhas queridas leitoras

Não publicamos comentários anônimos

Obrigada pela colaboração