Pages

sábado, 25 de outubro de 2014

Dilma nem precisou bater. Aécio foi nocauteado pelo seu próprio sorrisinho de 171.


Agora que o último debate acabou posso dizer uma coisa que já tinha reparado nos outros debates. Só não disse antes para não "dar consultoria" aos tucanos.

Por mais que Aécio Neves (PSDB) tenha feito treinamento de mídia, a postura facial dele não convence. Nem nos momentos em que ele consegue responder bem. Fica com cara daqueles 171 querendo te enganar, vocês repararam?

Você confiaria no diagnóstico de um médico, se atendesse com aquele sorriso esquisitão do Aécio?

Você compraria um carro usado, se o vendedor viesse com aquele sorriso malandro do Aécio? De Dilma, as pessoas comprariam. Ela parece ser o que é, transparece mais sinceridade, mais autenticidade, mais honestidade.

Aécio coloca um sorriso padrão no canto da boca em respostas sérias que não pega bem.

Ele critica coisas sérias com aquele sorriso que passa ar de deboche. Parece que ele está zombando dos problemas e não propondo soluções.

Mas o pior é que Aécio sempre parece estar mentindo, quando responde qualquer coisa com o mesmo sorriso plastificado.

Só isso já deu vitória à Dilma, que evitou elevar o tom do debate, pois envolveria maior risco para ela que está na frente. No tom imposto por Dilma, ela venceu fácil, mesmo sem precisar ter um grande desempenho.

Aécio já começou mal na primeira pergunta, sobre a denúncia da Veja. Dilma disse: "a revista fez uma calúnia e difamação e o senhor ainda endossa na pergunta. Essa revista tem o hábito de tentar dar um golpe eleitoral na reta final das campanhas. Não é a primeira vez. Teve em 2002, 2006 e 2010. O povo não é bobo, candidato. O povo sabe que revista está manipulando, porque não apresenta nenhuma prova (...) Acredito que a partir de segunda-feira vão desaparecer com essa acusação. Agora eu não vou deixar que ela desapareça. Eu vou investigar os corruptos e os corruptores e os motivos pelos quais isso chegou a este ponto". Dilma, no mínimo, neutralizou o ataque.

Em seguida Dilma passou a dominar o debate. Perguntou sobre o sucesso na geração de empregos e perguntou sobre o Armínio Fraga ter dito que o salário mínimo estava muito alto. Aécio errou feio, ao não corrigir a declaração de Armínio. Disse que ele não estava ali para explicar e começou a falar economês, em vez de falar de emprego e salário.

Aécio perdeu votos dos paulistas

... ao querer colocar a culpa da falta d'água em São Paulo em Dilma. O eleitor não gosta deste jogo de empurra. Todo mundo em São Paulo sabe paga tarifa d'água para Sabesp e que é estadual. Ficaria menos feio para Aécio, e perderia menos votos, se fizesse como Alckmin e colocasse a culpa em São Pedro.


Perdeu votos udenistas

Ao querer debater corrupção, e principalmente mensalão, Aécio deu um tiro no pé. Dilma falou da impunidade tucana e principalmente do mensalão tucano. Para eleitores racionais, Dilma venceu. Para o eleitor reacionário e udenista, nivelou por baixo os dois. Aécio perdeu alguns destes eleitores.

Perdeu votos das mulheres

Teve hora que Aécio se empolgou, soltou a franga e ficou agressivo, acima do tom. Perdeu votos principalmente das mulheres.

Perdeu votos dos mineiros

... ao querer colocar culpa da segurança pública no governo federal, sendo que a maior atribuição é dos estados, afinal todo mundo sabe que presidente da República não nomeia nem demite secretário de segurança. Como ele foi governador de Minas 8 anos e a segurança piorou, nenhum mineiro acredita que ele melhoraria o problema sendo presidente. Moradores de outros estados que seguiram este raciocínio também não votarão no tucano.

Perdeu votos de indecisos que tem memória

Ao se ver toda hora ligado a FHC, ao implorar para o eleitor esquecer o passado que o condena, Aécio perdeu votos de indecisos.

Perdeu votos de aposentados

Dilma lembrou ao distinto público que Aécio foi líder do PSDB que votou pela criação do fator previdenciário. Ali ele perdeu votos entre os aposentados.

Perdeu votos de quem está com raiva de políticos

Dilma disse que Aécio, quando deputado, foi líder do governo FHC. Aécio quis corrigi-la dizendo que foi líder do PSDB e não do governo (como se isso fizesse grande diferença). E ainda tentou ironizar dizendo que Dilma não conhecia as atividades legislativas. A corroela de políticos na platéia o aplaudiu, mas ele perdeu votos entre o povo que está com raiva deste tipo de político oligarca que Aécio é.

Perdeu votos de opinião sobre reforma política

Aécio mostrou desconhecer a proposta de reforma política da OAB e da CNBB que propõe eleições parlamentares em dois turnos. Para quem é senador tem que ser muito indolente para não conhecer essa proposta.

Perdeu votos ao falar de drogas e segurança pública.

Aécio perdeu votos ao jogar a culpa das drogas só nas fronteiras. Nem os EUA, nem a Europa consegue fechar suas fronteiras às drogas e o tráfico existe nas cidades. A redução criminalidade relacionada à drogas passa pela integração das polícias em operações nacionais, mas é um problema bem mais amplo, que vai desde a educação até o tratamento. Experiências como o prgrama de "Braços Abertos" do prefeito Fernando Haddad na antiga cracolândia trouxe excelentes resultados sem repressão policial.

A própria motivação de jovens com oportunidades de mais estudo, trabalho, de cultura, de esportes ajuda muito a evitar jovens caírem no tráfico.

Dilma não quis polemizar, mas se quisesse poderia comparar o sucesso dos números das operações Sentinela e Ágata de controle das fronteiras, feitas pelas Polícias Federal e Rodoviária e pelas Forças Armadas. Se não me engano a quantidade drogas apreendidas equivale a uns 700 helicópteros dos Perrella.
Nas considerações finais, Aécio jogou a toalha

Desastrosa as considerações finais de Aécio. Eis algumas frases, com meus comentários:

Eu chego ao final desta campanha de pé... (ué, deveria chegar diferente?)
(...)
Eu sou hoje já um vitorioso. Porque como disse São Paulo eu travei o bom conflit... (aí Aécio se corrigiu) combate, falei a verdade e jamais perdi a minha fé.

O tom desta última frase foi de quem está justificando a derrota.

Em tempo: os vídeos do debate estão no G1.

Jornal da Globo desmente Aécio:Brasileiro gastou US$ 2,387 bilhões no exterior em setembro



Fim do debate na Globo. O candidato Aécio Neves, faz suas ponderações finais afirmando que  o Brasil está quebrado.Começa o Jornal da Globo dizendo que  os brasileiros bateram recordes de compras no exterior. Aécio mentiu, de novo!

A notícia está aqui no jornal  Valor Econômico

Os brasileiros gastaram em viagens internacionais o montante de US$ 2,387 bilhões no mês passado. O valor foi recorde para os meses de setembro e também foi o segundo maior gasto mensal da série histórica do Banco Central, com início em 1947, perdendo apenas para os US$ 2,41 bilhões registrados em julho deste ano.

As despesas são recorde mesmo com a alta do dólar. segundo o chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Tulio Maciel. Os brasileiros gastaram fora do país US$ 1,537 bilhão em outubro até o dia 22.

De acordo com Maciel, o aumento da renda é o fator fundamental para o comportamento dos gastos com viagens. Questionado se tal conta é uma fonte de preocupação, ele disse que é natural que haja crescimento nas viagens de turismo e negócios e que apesar do crescimento, há moderação no ritmo. As altas interanuais chegaram a 25% e, agora, no acumulado de 2014, esse aumento é de 4,5%.

Para 2014, o BC projeta um gasto líquido com viagens internacionais de US$ 18,5 bilhões. Em 2013, a conta foi negativa em US $ 18,4 bilhões, outro resultado recorde.

No acumulado do ano, a conta é deficitária em US$ 14,213 bilhões, contra US$ 13,607 bilhões vistos em igual período do ano passado. Em setembro de 2014, a conta foi deficitária em US$ 1,643 bilhões.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Dilma e sua coligação moverão 7 ações na justiça contra a revista Veja

Diante da capa mentirosa e caluniosa da revista Veja em sua edição antecipada dessa semana, o Partido dos Trabalhadores e a Coligação Com a Força do Povo moverão 7 processos contra a publicação nas esferas da Justiça Eleitoral, Criminal e Cível.

1) Junto ao TSE: pedido de direito de resposta, inclusive na revista Veja Online, por se tratar de reportagem mentirosa, caluniosa e difamatória.

2) Encaminha-se, ainda, uma representação para impedir qualquer publicidade desta edição da revista em rádio, TV e outdoor por configurar propaganda eleitoral negativa.

3) Ao Ministério Público Federal, será encaminhado um pedido de instauração de procedimento de investigação para apurar os abusos cometidos pela revista Veja com a intenção de prejudicar a candidatura de Dilma Rousseff e influenciar o resultado das eleições presidenciais de 2014.

4) Na esfera penal, será encaminhada uma representação criminal para a apuração de crime de difamação praticado pelo jornalista Robson Bonin – que assina a matéria que diz que Lula e Dilma sabiam do esquema de recebimento de propinas denunciado na Operação Lava Jato da Polícia Federal, baseada em denúncias não comprovadas do doleiro Alberto Youssef– contra o PT.

5 e 6) Também serão encaminhados dois pedidos de providências à Procuradoria Geral da República e ao Supremo Tribunal Federal para que se apure uma possível quebra de sigilo da delação premiada de Alberto Youssef pela revista Veja, bem como pedido para que o PT possa ter acesso ao depoimento.

7) Na área cível, será encaminhada uma proposição de ação indenizatória pelo PT contra a revista Veja.

As ações são uma resposta rápida da legenda, dos partidos coligados, e da presidenta Dilma Rousseff às ações criminosas e sistemáticas da revista Veja que têm como objetivo desestabilizar e diminuir a credibilidade de um governo democraticamente eleito pelos brasileiros. Como disse a presidenta Dilma, “sou uma defensora intransigente da liberdade de imprensa, mas a consciência livre da nação não pode aceitar que mais uma vez se divulguem falsas denúncias no meio de um processo eleitoral em que o que está em jogo é o futuro do Brasil. Os brasileiros darão sua resposta à Veja e a seus cúmplices nas urnas e eu darei minha resposta na Justiça”. (Do MudaMais)

Para Aécio, limpeza de hotel, praças, febre aftosa e exposições, foram gastos em saúde


Apesar de o Tribunal de Contas de Minas Gerais não facilitar o acesso à informação com clareza, desde 2006 há diversas reportagens sobre o assunto, como fez a Folha de S. Paulo, com o título: "Aécio maquiou gastos da saúde em Minas".Nas contas de 2004, foi lançada no orçamento da secretaria de saúde, erradicação da febre aftosa, que só atinge rebanhos bovinos e é assunto da agricultura. Também entraram na conta da saúde extravagâncias como ... Leia mais aqui

Dilma: Os brasileiros darão resposta à revista Veja e seus cúmplices nas urnas

...Eu darei minha resposta na justiça


O desespero da Revista Veja às vésperas das eleições excedeu todos os limites da decência e da falta de ética. Sem apresentar NENHUMA prova, eles insinuam o envolvimento de Dilma e Lula no caso Petrobras. Mais uma vez, eles envergonham a imprensa e agridem a democracia do país.

"Eu darei a minha resposta a eles na Justiça", afirma Dilma sobre o caso #DesesperodaVeja. Assista a fala da presidenta e divulgue a verdade! Compartilhe!

Comentário do blog

 O advogado de Youssef, Antonio Figueiredo Basto, confirmou que o doleiro prestou depoimento, mas disse não saber da informação divulgada na Veja:

- Eu nunca ouvi nada que confirmasse isso (que Lula e Dilma sabiam do esquema na Petrobras). Não conheço esse depoimento. Estou surpreso - afirmou Basto. - Estamos perplexos e desconhecemos o que está acontecendo. É preciso ter cuidado porque está havendo muita especulação.Revista antecipou  edição para tentar eleger Aécio


Dilma enquadra a Veja

E a imprensa precisa saber...Como na delação premiada é preciso provar as denúncias para que os benefícios dela se concretizem,

A presidente Dilma  usou  uma parte de sua última propaganda no horário eleitoral na TV para fdalar das denuncias sem prova,  da revista Veja pela reportagem em que afirma que o doleiro Alberto Youssef, em delação premiada à Justiça, teria dito que ela e o ex-presidente Lula sabiam dos desvios na Petrobras. Dilma afirmou que a revista e seus cúmplices -- Que nossos queridos leitores sabem bem que m são-- terão de responder na Justiça pelo texto, por não apresentar qualquer prova, visando apenas impactar no resultado das eleições.

 É um ato de terrorismo eleitoral, a revista agride a ética ao não apresentar provas, se baseando em declarações de pessoas do submundo do crime tentando atingir a mim e a Lula. Há uma campanha sistemática da revista Veja há anos contra mim e Lula, mas agora, a revista excedeu todos os limites. Maledicências da Veja já eram um absurdo, mas hoje, a revista excedeu todos os limites da decência e da falta de ética, cometendo infâmia. Isso é crime, diz Dilma

O programa petista dedidou mais da metade do tempo da propaganda para responder à revista: “Todas as eleições, quando candidatos do PT aparecem à frente das pesquisas, a revista tenta desesperadamente infuenciar no resultado” diz o apresentor.

 “Todo ano é a mesma coisa”, em que reúne copilado de capas da revista que, segundo o PT, tiveram o único intuito de provocar “terrorismo” no eleitorado contra o partido, Lula e Dilma, às vésperas das datas das votações em 2002, 2006 e 2010.

“Todo ano é a mesma coisa. A revista ‘Veja’ solta uma denúncia supostamente bombástica antes das eleições”, inicia o programa petista na TV, que afirma haver “falta de decência jornalística tem sido rotineira” no veículo.

Logo após as palavras de repúdio feitas pelo apresentador com a exibição de capas da revista em anos eleitorais, Dilma toma a palavra. “Ataques gratuitos e preconceituosos”, “tática do medo”, “terrorismo em uma atitude vergonhosa”, foram algumas das expressões usadas pela presidente. É a luta da mentira contra a verdade. “A minha história é o testemunho”,  a Veja   tem ódio ao PT e a tudo que é popular.

Veja fracassou no seu intento criminoso, mas desta vez, não vai ficar impune. O povo brasileiro tem maturidade suficiente para discernir entre a mentira e a verdade. Não compactuo e nunca compactuei com corrupção. Darei a minha resposta a eles na Justiça,  continua Dilma

Em seguida, o programa mostrou imagens dos últimos comícios da presidente pelo país, um clipe com famosos cantando um jingle e, ao fim, uma última declaração:

 Lutei contra a ditadura, venci a tortura e o câncer. Meu vício na esperança me ajudou a enfrentar as dificuldades e o que m,e leva adiante é a paixão pelo povo brasileiro. Dou minha alma ao Brasil — finalizou Dilma.

Até a Folha publicou o vídeo de resposta da Dilma a Veja

Mais parentes: Aécio governador indicou o pai, aos 76 anos, para conselho da Cemig.

Quando tinha 18 anos, Aécio Neves foi nomeado funcionário, supostamente "fantasma", no gabinete do pai deputado. Quando Aécio Neves foi governador, o pai foi nomeado Conselheiro da Cemig aos 76 anos. Os casos envolvendo a parentada do tucano não param de pipocar.

Na ata da reunião do dia 4 de junho de 2003, primeiro ano de governo de Aécio em Minas, seu pai Aécio Ferreira da Cunha, com 76 anos na época, foi um dos escolhidos para integrar o conselho Conselho de Administração da CEMIG (Companhia Energética de MG). A empresa é controlado pelo Estado de MG.

O pai do tucano foi um dos oito “eleitos pelo acionista Estado de Minas Gerais”.

A remuneração paga para o comparecimento a uma reunião mensal, conhecido como jeton, é atualmente de R$ 6.090,91.

O pai de Aécio Neves trabalhou no conselho entre 2003 e 2009 — mesmo período em que o tucano era governador do estado. (de O Dia)

Nessa sexta tem caminhada Brasil Coração Valente por todo país!

Nessa sexta, dia 24, vai acontecer o "Brasil Coração Valente" em todo o Brasil. Veja as atividades em sua cidade aqui.

Vamos dar aquela força para completar o ciclo de prosperidade e transformações iniciado em 2003.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Aécio 'bomba' em Hollywood/TMZ, mas com piadas sobre coca. Um vexame. #DesesperodaVeja



Agora o TMZ faz piadas com Aécio Neves em vídeo, nos Estados Unidos.

O TMZ é um dos principais sites de entretenimento e de notícias e fofocas sobre celebridades dos Estados Unidos. Pertence ao grupo Time Warner. Teve reconhecimento ao ser o primeiro a noticiar a morte de Michael Jackson.

Aécio vai processar o grupo Time Warner igual fez com tuiteiros?

Capa da Veja mentirosa é caso de polícia em várias frentes. #DesesperodaVeja

Se era para fazer piada, por que não esta capa?
Tem que ser muito idiota para acreditar nesta capa da Veja desta semana. O doleiro Youssef está preso desde março e só há 3 dias das eleições do segundo turno resolve "abrir seu coração" e dizer que Lula e Dilma "sabiam" de suas atividades criminosas e clandestinas.

Isso, vindo de um doleiro, já manjado no caso Banestado desde 2003, que manteve como interlocutores, na calada da noite, alguns deputados picaretas. Mas nunca que um doleiro do Banestado teria cacife para chegar nem perto do Palácio do Planalto. Ridícula essa reporcagem da Veja.

Alias, até o advogado do doleiro já desmentiu a Veja, dizendo que "nunca ouviu seu cliente dizer isso".

Nem vou perder tempo com essa reporcagem, porque só atinge idiotas, e estes idiotas que relincham diante da Veja já votam em Aécio. Do eleitor da Dilma, que já está acostumado com esses golpes baixos em véspera de eleição, não tirará nem um voto.

Mas vamos pensar nas possíveis consequências criminais.

Tem que investigar se a Veja não trocou Demóstenes Torres por Álvaro Dias e Carlinhos Cachoeira por Alberto Youssef.

Youssef já conhece o senador Alvaro Dias (PSDB) desde 1998 quando forneceu um avião para a campanha do tucano. O advogado de Youssef é ligado ao governador tucano do Paraná, Beto Richa. Alvaro Dias disse a jornalistas que tinha a íntegra da delação premiada, quando encontra-se sob segredo de justiça. O senador tucano já tem antecedentes. Em 2008 receptou documentos furtados da Casa Civil e entregou "em off" para a revista Veja.

Calúnia e difamação

Há o claro crime de calúnia e difamação tanto contra Dilma como contra Lula. A revista vai dizer que se houve crime foi o doleiro que cometeu. O advogado do doleiro já diz que ele não falou isso. Se a revista não tiver uma gravação ou a transcrição oficial do depoimento, seus repórteres ou editores deveriam ser condenados. Mas o judiciário no Brasil é uma tragédia quando se trata de imprensa. Revistas, jornais e tvs podem caluniar e difamar à vontade que, se o caluniado for petista, dificilmente algo acontece.

Crime eleitoral

Na mesma linha acima. Mas vamos observar que se a revista Veja fosse bem sucedida ao influir nas eleições com uma mentira forjada, o povo já teria sido enganado, e não haveria punição que reparasse o dano ao povo brasileiro. As instituições democráticas brasileiras precisam criar leis que não permitam golpes midiáticos serem aplicados. Nada de censura prévia, mas a própria justiça eleitoral deveria usar a TV imediatamente para fazer "recall" de "reporcagem" advertindo o eleitor que aquilo é produto golpista, estragado, contaminado, desacreditado e com intuito de trapacear a consciência e livre escolha do eleitor.

Corrupção

E se delatores que já receberam propinas em outras negociatas, resolverem mudar de ramo e receberem dinheiro clandestino como "marqueteiros políticos" da oposição, fazendo este tipo de denúncia de comum acordo? 

Hoje, como se vê nas Bolsas de Valores, uma eleição se tornou mais valiosa para banqueiros, investidores, do que os casos isolados de corrupção tradicionais. Não é mera imaginação fértil pensar que Bancos de Investimenos, Petroleiras de olho gordo no pré-sal paguem propinas em paraísos fiscais para quem influir nas eleições favoravelmente aos negócios deles. Esse tipo de linha de investigação precisa ser feita.

Só por hipótese, o ex-diretor corrupto da Petrobras diz que devolverá aos cofres públicos cerca de R$ 70 milhões recebidos de propinas ao longo dos anos. Ele poderia ganhar R$ 200 milhões ou mais brincando, se fosse peça chave para levar os tucanos à vitória e mudar o marco regulatório do pré-sal para dar mais lucro às petroleiras privadas. Basta uma pequena mudança no percentual de partilha do petróleo, representa bilhões a mais no bolso das petroleiras, e dinheiro a menos para os brasileiros. Coisa semelhante vale para Youssef.

Direito de resposta

É outra piada em termos de impunidade da bandidagem travestida de jornalistas. Dificilmente o judiciário concede. Quando concede, há tantos recursos que, quando publicada, já passou de hora. A maioria da população já não lembra bem do assunto e nem liga para a resposta.

O que Fábio Barbosa tem a dizer sobre especulação na Bolsa?

Curioso a revista sair na quinta-feira à noite, quando sai sempre às sextas. Assim ainda tá tempo de pegar um pregão da Bolsa de Valores antes da eleição.

Não faltará espertalhão espalhando o boato de que a notícia afetaria a eleição contra Dilma e a favor de Aécio, para outros idiotas saírem comprando de manhã. De tarde, começam os rumores sobre pesquisas e trackings confirmando o favoritismo de Dilma, e a bolsa volta a cair. Os idiotas que comprarem na alta perdem, e os espertalhões que sabem o que fazem, ganham.

O presidente do grupo Abril, Fábio Barbosa, já foi presidente do antigo Banco Real e sabe como o mercado de ações, índices e derivativos funciona.

Se esse movimento especulativo se confirmar na sexta (esta nota foi escrita antes do pregão), convém a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e a Polícia Federal terem uma conversinha com o pessoal da Veja.

Só para lembrar:

Em 2006, na véspera da eleição, a Veja publicou uma matéria mentirosa, sem prova nenhuma, sobre Lula e outras autoridades ter contas no exterior. Os acusados fizeram questão de investigar e ficou provado que era mentira.

Em 2010 não sei quantas capas a Veja fez sobre a Casa Civil. Cadê o cara do "Caraca, que dinheiro é este?", contando a mirabolante estorinha de que abriu a gaveta e tinha R$ 200 mil em dinheiro distribuído. Passada a eleição, nunca mais a Veja tocou no assunto.

Leia também:

Tijolaço: Veja seria cômica, se não fosse criminosa

Muda Mais: Revista investe no terrorismo eleitoral, mas já perdeu toda a credibilidade.

#DesesperodaVeja se torna piada nas redes sociais

Último programa de TV mostra a onda de força e esperança em torno da reeleição de Dilma



O último programa de televisão da presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição, que foi veiculado nesta quinta-feira (23), mostrou uma verdadeira onda de força, de amor e de coragem que tomou conta de todo o Brasil nessas eleições. Há muito uma campanha não mobilizava tantas pessoas e resgatava o sentimento de esperança em torno da manutenção e continuidade das mudanças que o País conquistou nos últimos anos e por novos avanços.

Em apenas três dias, os brasileiros poderão escolher, nas urnas, o projeto de futuro que querem para o Brasil. “Todo mundo sabe que nenhum governante consegue fazer tudo em apenas quatro anos. Na vida, tudo precisa ter continuidade, pois é a forma mais segura de avançar, melhorar e inovar. Não parar tudo, não jogar esforço fora, não começar tudo de novo com atraso e prejuízo. Meu compromisso é aperfeiçoar o que está funcionando bem, corrigir o que não está bom e fazer o que ainda precisa ser feito”, afirmou Dilma.

Segundo a presidenta, a população deve comparar os dois projetos que estão em jogo nessas eleições. “Um Brasil que sabe que antes podia batalhar o que quisesse, que não conquistava uma vida melhor. E agora nós temos as condições de ter uma vida melhor, cada vez melhor”, disse Dilma.

A campanha foi embalada por uma canção de apoio realizada por artistas brasileiros, como Fred Zero Quatro, Serjão Loroza, Teresa Cristina, Otto, Gog, Beth Carvalho, Zeca Baleiro, Renegado e Rafael Mike. A versão completa da música está disponível para download na página oficial de Dilma na Internet. Elza Soares, Marina Lima e Chico Buarque também manifestaram seu apoio à reeleição de Dilma. (Veja o vídeo)




A cantora Negra Li disse que os brasileiros reconhecem as diferenças dos projetos que estão concorrendo nessas eleições. “Porque o PT é pela periferia, pelos mais humildes”, disse. O raper Emecida disse que lembra que na década 90 quando o jovem negro de periferia não podia nem sonhar com a faculdade. “Agora eu vejo vários irmãos cursando uma faculdade, construindo uma casinha. Mudança é isso aqui. É o Brasil falando por ele”, exaltou Emicida.

Governo Novo, Ideias Novas

No programa de TV foram citados alguns dos principais projetos concretos que a presidenta vai implementar no próximo governo, caso seja reeleita. O Pronatec Jovem Aprendiz, por exemplo, vai incentivar a contratação de jovens pelas micro e pequenas empresas. Para dar continuidade às conquistas do Programa Mais Médicos, Dilma vai criar o Mais Especialidades, que vai reduzir a espera por consultas, exames e tratamentos com médicos especialistas. Com o programa de segurança integrada, Dilma vai reunir as polícias federais e estaduais, com o apoio das Forças Armadas para combater o crime.

Entre as ideias novas, está a criação da Casa da Mulher Brasileira, que será construída em todas as capitais do País para apoiar a mulher vítima de violência doméstica. A faixa de financiamento do Programa Minha Casa Minha Vida também será ampliada para que mais famílias realizem o sonho da casa própria.

Dilma abre vantagem: 8 pontos no Ibope e 6 no Datafolha.


Olha, gente, todo cuidado é pouco. Não dá para confiar nas pesquisas, e a gente tem que continuar militando, declarando voto na Dilma, conversando com educação com quem se dispõe a conversar civilizadamente e está mal informado sobre as diferenças entre o que seria um governo Aécio (reprise de FHC) e como Dilma está "matando um leão por dia" no primeiro mandato para preservar empregos diante da maior crise econômica mundial desde 1929, e ainda assim está conseguindo semear educação, qualificação profissional, inclusão social e empreendedora, e construindo infra-estrutura e aumentando a produção no pré-sal para o Brasil bombar.

Então eu só vou relaxar no domingo na hora em que encerrar a votação. Antes disso não tem sossego e todo mundo que eu puder conversar para votar na Dilma eu vou continuar conversando.

Mas é sempre bom ver Dilma na frente e agora não é mais empate técnico.

Ibope deu Dilma 49% x 41% Aécio (ou Dilma 54% x 46% Aécio nos votos válidos). Abriu vantagem de 8 pontos.

Datafolha deu Dilma 48% x 42% Aécio (ou Dilma 53% x 47% Aécio nos votos válidos). É Dilma 6 pontos na frente.

Apesar de vencer por 1 voto é o que basta, eu ainda acho que Dilma merece mais votos do que a pesquisa está indicando. Um governo dela representa mais a grande maioria do povo brasileiro, que vai desde empresários progressistas do setor produtivo, nacionalistas, passando por micro, pequenos e médios empresários, pelos trabalhadores e trabalhadoras, cooperativados, estudantes, aposentados, produtores do campo, da agricultura familiar, até chegar aos antes excluídos, que hoje já estão em uma situação melhor do que estavam.

Arruda desmente apoio a Dilma e afirma: Voto no Aécio


O boato que corre nas redes sociais de que Arruda, ex DEM, declarou apoio a Dilma é mentira. Arruda fez questão de gravar o vídeo abaixo negando o apoio e afirmando  que vota em Aécio



O ex governador de Brasilia José Roberto Arruda (ex DEM)   foi substituído no final do primeiro turno pelo candidato Jofran Frejat, em virtude das irregularidades da operação “Caixa de Pandora”, que desmascarou o esquema de pagamento de aliados em troca de apoio político na Assembleia local, durante o governo Arruda no DF. A operação da Polícia Federal levou Arruda para a cadeia por alguns meses e obrigou o ex-governador do DEM a renunciar ao cargo e deixar o antigo partido. Apesar do escândalo, Arruda voltou à cena política sendo candidato ao governo do DF pelo PR de Waldemar da Costa Neto, com apoio do clã Roriz e do ex-senador Luiz Estevão – o mesmo das irregularidades na construção do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo. Cassado pelo TSE, Frejat entrou no lugar de Arruda na disputa pelo DF

Aécio dá vexame no Nordeste: mostrou trecho pronto do S.Francisco como se fosse obra parada.


Um desastre a propaganda eleitoral do Aécio na TV, criticando a obra de Integração da Bacia do Rio São Francisco. O que os olhos vêem na própria propaganda desmente o que é dito.

Aécio citou uma frase Dilma no debate na TV, dizendo que as obras da Integração do São Francisco estavam a todo vapor, e em seguida mostrou um trecho do canal em Cabrobó, onde não há gente trabalhando. Mas... ali o canal está pronto! Inclusive este trecho foi feito pela Engenharia do Exército Brasileiro.

A própria propaganda do Aécio mostra o canal todo concretado, prontinho. E em diversas cenas, vêem-se trechos prontos. No máximo, falta alguma limpeza a fazer de restos de obras ou de terra trazida pela erosão, coisa simples de resolver antes de entrar em operação.

Claro que não pode ter gente trabalhando no trecho onde a obra já acabou e está apenas esperando outros trechos ficarem prontos.

A obra de transposição é uma das maiores obras hídricas do mundo. É tão grande que é dividida em lotes. Aécio mostrou um lote que ficou pronto há dois anos.

É nisso que dá filho e neto de políticos que só conhecem os palácios. Não conhecem o Brasil, nem o Nordeste, nem mesmo tem noção certa do que é a obra, seu andamento e sua importância.

Enquanto isso, Lula e Dilma mostram seu amor ao Brasil e ao Nordeste e comemoram a água estar chegando:

TMZ sobre Lindsay Lohan apoiar Aécio: "meu candidato tem um helicóptero cheio de coca".

http://www.tmz.com/2014/10/22/lindsay-lohan-presidential-candidate-brazil-cocaine-coke-helicopter-tweet/
O site TMZ é o mais acessado dos EUA sobre celebridades, com notícias e fofocas sobre artistas do mundo pop.

O apoio da atriz de Hollywood Lindsay Lohan a Aécio no twitter foi ironizado pelo site estadunidense, devido ao envolvimento da atriz com drogas que já a levou várias vezes a programas de reabilitação.

A manchete e o texto, já traduzido, do TMZ foi:
"Meu candidato presidencial tem um helicóptero cheio de cocaína".
.
Lindsay Lohan diz que ela tem um bom motivo para apoiar um candidato presidencial no Brasil ... ela diz que seus "contatos brasileiros" gostam do candidato - um cara cuja empresa possuía um helicóptero cheio com toneladas de coca.
.
Lindsay twittou: "Eu apoio @ aecioNeves, para a candidatura presidencial. Sua plataforma traz mudanças positivas no Brasil. "
.
(...) Mas uma fonte ligada com Lindsay Lohan disse ao TMZ que ela está apoiando o cara porque "ela tem muitos contatos lá e tem várias viagens de negócios para o país." A fonte também diz que tem um "bom contato" no Brasil que gosta muito de Neves.
.
Aqui está o que 8,5 milhões de seguidores de Lindsay precisa saber. Neves é dono de uma empresa que possui um helicóptero que foi apreendido pela Polícia Federal ... apreendido porque transportava 4,5 toneladas de cocaína.
.
Não está claro se Lindsay suporta Neves, porque ele é um cara bom ou apenas por uma boa festa.
O texto tem várias imprecisões. Ao referir-se ao helicóptero dos Perrella, não são 4,5 toneladas e sim 450kg. Além disso Aécio é amigo do dono e não o dono da empresa e do helicóptero.

Mas o episódio mostra a trapalhada na busca de apoio de celebridades, principalmente quando movidos por interesses de marketing e não por serem ativistas conscientes.

Tudo começou quando a atriz manifestou pelo Twitter seu apoio ao candidato Aécio Neves. Junto vinha uma hashtag “#HTVBR”, caracterizando uma ação de marketing da empresa brasileira Hollywood TV, especializada na promoção de marcas usando artistas internacionais. A empresa confirmou que pediu para a atriz tuitar.

Horas depois ela apagou. Mas o assunto chegou nos trending topics (tópicos mais comentados) e levou a TMZ a se interessar, incluindo o helicóptero dos Perrella no meio da história.

No Brasil a publicação na TMZ teve grande repercussão na Marie Claire, no Uol, no Ig, Rbs, e vários outros sites.

Com amigos que Aécio tem para "ajudá-lo", nem precisa de inimigos.

Chora Aécio: Menor desemprego da história em Setembro.


A taxa de desemprego, medida pela Pesquisa Mensal de Emprego (PME), atingiu 4,9% em setembro deste ano, a menor para o mês desde que a esta pesquisa começou a ser feita em 2002.

Houve queda de 0,5 ponto percentual em relação à taxa observada em setembro do ano passado (5,4%). A pesquisa foi divulgada hoje (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O índice também é numericamente inferior ao registrado em agosto deste ano (5%). A PME é realizada em seis regiões metropolitanas do país.

O baixo desemprego vai na contramão do que defendem os economistas e banqueiros tucanos que assessoram Aécio Neves. Eles pregam medidas econômicas recessivas contra a inflação, o que chama de "medidas amargas". Mas não avisam ao cidadão e eleitor que elas levam invariavelmente a um maior desemprego e arrocho nos salários e aposentadorias.

Renda média sobe pelo segundo mês seguido

O rendimento médio real da população subiu 0,1% no mês passado em relação a agosto, segunda alta seguida, chegando a R$ 2.067,10. Em relação a setembro de 2013, o rendimento avançou 1,5%.

Em agosto, o rendimento havia mostrado alta mensal de 1,7%.

População ocupada fica estável

A população desocupada caiu 10,9% em relação a setembro de 2013.

O número de pessoas ocupadas (23,1 milhões de pessoas) permaneceu estável em ambas as comparações.

Em setembro, foram registradas 11,7 milhões de pessoas trabalhando com carteira assinada no setor privado, o que também representa estabilidade na comparação com agosto de 2014 e com setembro do ano passado.